GM retoma topo de vendas mundiais

Fabricante vendeu 9 milhões de carros em 2011; VW fica em segundo, não concorda e batalha pela posição

Chevrolet Cruze Hatch | Imagem: GM

Após 3 anos, a General Motors retomou a posição de maior fabricante automotiva do mundo. Segundo a marca, foram mais de 9 milhões de carros vendidos em 2011: um crescimento de 7,6% contra 2010. A última vez que ela conseguiu o posto foi em 2007, em 2008 as vendas caíram 11%, fazendo com que perdesse a vaga de para a Toyota.

Na segunda posição ficou a Volkswagen, com 8,16 milhões de carros vendidos pelo mundo. A Toyota ficou na terceira posição com 7,9 milhões. Isso porque a marca japonesa sofreu com as tragédias naturais que assolaram aquele país.

Veja mais: carros da GM vendidos no Brasil estão “velhos”, diz chefão da marca

Porém, a felicidade da GM tem sido questionada pelos concorrentes, em especial pela Volkswagen. Segundo a marca alemã, a representante da América do Norte incluiu na soma dos carros vendidos modelos chineses da SAIC Motor Corp. e Wuling Motors Co, parceiras da GM na China.

Para rebater este problema, a Volkswagen pretende somar a venda de veículos da MAN e Scania, fabricantes de caminhões que fazem parte do grupo. Com as vendas dos utilitários, a VW teria o crescimento de 200.000 unidades em seu número total de vendas. Ou seja, uma mudança mínima que não afetaria a GM.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!