Hawtai Bolinger é o clone chinês do Cayenne

Modelo chines tem cara do SUV da Porsche e ainda possui motores fornecidos pela Mitsubishi

Hawtai Boliger | Imagem: Hawtai

A Hawtai, marca de origem chinesa conhecida por tentar adquirir a sueca Saab no início do ano, acaba de ganhar destaque novamente por lançar o Boliger, um crossover que, nada mais é que, uma mistura de essências européias e asiáticas no corpo de um chinês.

O carro mescla grade do Bentley Continental GT, faróis de Volvo S40 e lateral e traseira de Porsche Cayenne. As únicas partes que foram concedidas por outras montadoras foi a plataforma do Hyundai Santa Fé, e os motores o 1.8 Turbo de 160 cv, da SAIC, e o 2.4 16V com 136 cv, da Mitsubishi, além de um 2.0 diesel de 150 cv. No geral, o carro não chega a ser um Frankenstein, mas ficou com gosto duvidoso e sem autenticidade nenhuma.

Fora isso, o modelo ainda pode receber tração nas quatro rodas e transmissão automática. Os preços partem de 175 mil yuans (aproximadamente R$ 50 mil) e podem chegar até 350 mil yuans (pouco mais de R$ 100 mil).

E se você teve uma leve sensação de “déjà vu”, isso é normal, porque esse mesmo modelo foi apresentado pela marca com o codinome B35 no inicio de 2010. Enquanto não é lançado na China, o modelo segue em exposição no Salão de Guangzhou, que começa a se destacar como mais um grande evento automotivo do país, já destacado pelos enormes Salões de Pequim e Xangai.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!