A Toyota não está sozinha no último recall anunciado, que atinge 1.530.000 unidades (a maioria Toyota e uma pequena parte de Luxus). A Honda também anuncia um chamado, pelo mesmo problema, para 470.000 veículos. Os dois recalls, no entanto, estão restritos a EUA, Japão, Europa, Austrália, e alguns países da Ásia, incluindo a China. O Brasil não está na lista por não comercializar, oficialmente, tais modelos.

O problema está no cilindro mestre do sistema de freios – quando o dono do carro usa outro fluído que não o especificado pelos fabricantes, um selo interno se rompe, o que causa vazamento e, conseqüentemente, perda da eficiência do sistema. Honda e Toyota foram afetadas por usaram o componente do mesmo fornecedor.

Os carros da Honda envolvidos são o sedã Acura RL e a minivan Odissey, enquanto na Toyota os afetados são Avalon, Highlander, Lexus GS, Lexus IS e Lexus RX.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Rodrigo Mora

|