Quem conheceu os carros da Hyundai no início dos 1990 jamais imaginaria que a marca sul-coreana daria um salto tão grande em qualidade e principalmente em vendas. Até novembro deste ano 3.302.895 veículo da marca sul-coreana já foram emplacados em todo mundo, dos quais mais de 500.000 somente nos Estados Unidos e 95.121 no Brasil. Tal volume mantém a montadora asiática na 4º colocação no ranking mundial de fabricantes de automóveis, atrás apenas de Volkswagen, GM e a líder Toyota e a frente de marcas consagradas como Ford, Honda e PSA Peugeot-Citroën.

O resultado parcial da Hyundai neste ano já é 17,5% superior ao alcançado em 2009, quando pouco mais de 2,8 milhões de veículos já haviam sido vendidos. Grande parte deste aumento deve-se ao aumento de 19,4% das exportações da empresa em 2010, que ultrapassará a marca de um milhão de carros embarcados para outros países. É um fato notável, uma vez que a marca coreana ainda é relativamente nova, tendo iniciado sua produção de automóveis em 1974.

O segredo para o sucesso da Hyundai inclui diversos fatores. O principal deles é o bom custo/benefício de seus carros, que hoje têm qualidade e preços abaixo da média. As fábricas da empresa coreana também são estrategicamente inseridas em complexos portuários, o que permite reduzir custos com frete, e a mão-de-obra local é barata. Por fim, boa parte do aço e alumínio usados dos veículos da montadora vêm da siderúrgica do próprio Grupo Hyundai, que detém ainda a Kia Motors e a Hyundai Heavy Industries, o maior construtor naval do mundo.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Thiago Vinholes

|