Hyundai deve aposentar o Veracruz

Novo Santa Fe, mostrado no Salão de Nova York, terá versão com chassi alongado e capacidade para sete passageiros

Hyundai Santa Fe 2013 | Imagem: Divulgação

Além de ter sido um dos destaques do Salão de Nova York, o novo Hyundai Santa Fe também pode ser considerado um transgressor, já que ele é o primeiro carro da marca coreana a romper com o conceito “escultura fluída” para carregar um novo visual, chamado de “storm edge”.

O que ninguém esperava é que o modelo pudesse originar derivações. Em entrevista concedida ao Autoblog, o CEO da Hyundai nos Estados Unidos, John Krafcik, declarou que o crossover terá uma versão com chassi alongado, capacidade para sete passageiros eque , de quebra, irá aposentar o Veracruz.

Leia também: Hyundai Santa Fe muda em Nova York

“O Hyundai Veracruz vai sair de linha. Sua produção se encerra em novembro (de 2012)”, disse Krafcik. O executivo ainda declarou que a marca tem dificuldade para encontrar um nome inédito para batizar o novo modelo de sete passageiros e que isso pode consumir de US$ 50 milhões a US$ 100 milhões (algo entre R$ 91 milhões e 182 milhões).

No Brasil, tanto o Santa Fe, quanto o Veracruz já estão há um bom tempo sem nenhuma alteração significativa, mas isso não impede que os modelos tenham vendas estáveis. O primeiro comercializou 8.038 unidades durante 2011 e o segundo, 2.581. A nova geração do crossover de cinco passageiros da Hyundai deve chegar ao Brasil em 2013.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!