Justiça americana suspende fusão Chrysler-Fiat

Negócio será analisado por mais tempo a fim de atender ao pedido de um grupo de credores insatisfeitos

Obama "abençoa" a parceria da Chrysler e da Fiat | Imagem: Casa Branca

Dada como certa, a junção entre a Chrysler e a Fiat teve um revés nesta segunda-feira. A Corte Suprema dos Estados Unidos suspendeu o negócio até que possa analisar o caso com mais informações. Tudo isso porque um grupo de credores considera a venda de parte da Chrysler para a Fiat como um mau negócio e não aceitou as condições oferecidas pela empresa italiana.

O referido grupo faz parte de um fundo de investimentos do estado de Indiana. Eles não aceitam perder US$ 4,8 milhões com a concordata. Mas a medida parece não ter apoio nem mesmo nesse estado já que se a Chrysler quebrar o governo perderá US$ 20,7 milhões em impostos e 4 000 pessoas perderão o emprego.

A apelação pode pôr fim ao negócio afinal a Fiat diz só poder esperar até a próxima segunda, dia 15, para que a Chrysler saia da concordata. Enquanto isso, a montadora norte-americana perde US$ 100 milhões a cada dia em que está sob a recuperação judicial.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Modelo ganhou novo visual e alguns equipamentos interessantes. Assista
Aviação
Maior avião brasileira está combatendo incêndios no Pantanal

Maior avião brasileira está combatendo incêndios no Pantanal

Embraer KC-390 da FAB pode ser convertido para avião bombeiro. Veja como funciona
MOTOO
Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Uma das maiores montadoras do mundo, a gigante indiana construiu fábrica própria em Manaus para produção de motocicletas