Engana-se quem pensa que a chegada massiva de elétricos e (principalmente) híbridos ofuscará o esportivos de alta performance, com seus brutais motores V10 e V12. A Lamborghini, por exemplo, tem planos de lançar novos modelos até 2014, além de uma nova família de carros usando arquitetura Volkswagen até 2020.

Os lançamentos, aparentemente, chegarão somente a partir do próximo ano, já que em 2011 a marca italiana trabalhará no Aventador LP700-4, sucessor do Murciélago apresentado no Salão de Genebra. Segundo o site Teamspeed.com, o Sesto Elemento e uma versão roadster do Aventador viriam em 2012, enquanto o substituto do Gallardo apareceria em 2013 e o Estoque, em 2014. O sucessor do Gallardo, ainda de acordo com o site, seria chamado de Cabrera e ganharia uma versão Spyder em 2014.

Um Aventador Spyder e o sucessor do Gallardo (com suas variações) fazem sentido. E se o cupê Estoque e o superesportivo Sesto Elemento parecem dúvidas, declarações de Stephan Wilkelmann, CEO da Lamborghini, indicam que os dois virarão realidade em breve. "O Sesto Elemento mostra como será o futuro dos superesportivos: engenharia extremamente leve, resultados de desempenho extremos e extremo prazer de dirigir. Todo futuro Lamborghini terá um pouco do espírito do Sesto Elemento”. Outra revelação promissora se referiu ao Estoque.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Rodrigo Mora

|