Mercedes-Benz 'apimenta' linha Classe C com versão AMG

Novo C63 AMG será oferecido nas carrocerias sedã e Estate e traz motor biturbo de até 510 cavalos

Mercedes-Benz C63 AMG | Imagem: Divulgação

A linha do novo Classe C também quer conquistar um público mais jovem. Além do sedã e da perua convencionais, que visam os olhares de famílias, a Mercedes-Benz vai oferecer a versão esportiva do modelo, a C63 AMG, anunciada de forma oficial na última semana pela montadora alemã. A variante “apimentada” da gama será oferecida para ambas as carrocerias e vai ser apresentada ao público no Salão de Paris, que acontece nos próximos dias.

A começar pela melhor parte, o aparato mecânico do novo Mercedes-Benz C63 AMG ficou ainda mais interessante. Sob o capô o modelo esconde um propulsor V8 de 4.0 litros biturbo, capaz de desenvolver 475 cavalos de potência e 66,3 kgfm de torque, acoplado a uma transmissão automatizada AMG Speedshift de sete velocidades, dupla embreagem e tração traseira. De acordo com dados da fabricante, a novidade alcança os 100 km/h em apenas 4,2 segundos e atinge velocidade máxima de 250 km/h.

Caso isso tudo ainda não seja suficiente, a Mercedes vai oferecer uma versão ainda mais nervosa do C63 AMG, que adiciona a letra “S” ao nome. Com a letrinha extra, a potência máxima do motor de oito cilindros sobe para 510 cv e o torque para 71,4 kgfm. Graças a isso, o modelo passa a acelerar de 0 a 100 km/h em 4,1 s. O C63 AMG S dispõe ainda de eixo dianteiro e traseiro revisados e diferencial traseiro eletrônico.

As duas versões do modelo contam com suspensão esportiva AMG RIDE CONTROL, que dispõe de três estágios de ajuste dos amortecedores, e sistema AMG Speed-Sensitive Sports Steering para o volante, que fica mais rígido conforme a velocidade aumenta. Os discos de freio são perfurados tanto na dianteira quanto na traseira, nas medidas de 360 milímetros e 330 mm, respectivamente.

Quanto ao visual, o Mercedes C63 AMG é um pouco mais discreto em comparação com outros automóveis esportivos à venda no mercado. Quando colocado lado a lado com o Classe C convencional, o AMG se diferencia apenas pelos para-choques com desenho mais agressivo, rodas de liga-leve de 18 polegadas, saias laterais aerodinâmicas, difusor traseiro e sistema de escape esportivo com quatro saídas.

Já o S conta com rodas aro 19, detalhes em preto e preto brilhante no para-choque dianteiro. Haverá ainda o modelo de lançamento, batizado de Edition 1, que agrega detalhes em vermelho na grade frontal e nos espelhos retrovisores, molduras das janelas na cor cinza e ponteiras de escapamento em preto.

Por dentro, os bancos com formato esportivo tem revestimento em couro e microfibra. O volante tem base achatada e acabamento em alumínio, há pedais de aço inoxidável, soleiras personalizadas e painel de instrumentos diferenciado com detalhes em alumínio.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!