Mercedes-Benz volta a pensar em fábrica no Brasil

Marca de automóveis de luxo já teve uma experiência fracassada com o Classe A

Fábrica da Mercdes-Benz em Juiz de Fora, MG | Imagem: Divulgação

A Daimler, proprietária da marca Mercedes-Benz está avaliando a possibilidade de voltar a produzir automóveis no Brasil, segundo revela o jornal Propaganda e Marketing.

O motivo principal seria justamente o aumento do IPI para importados, que atinge todo o portfólio da marca de luxo. “Esse é um assunto que estamos avaliando. Pensando na nova plataforma de produtos, pode haver a viabilidade de ter uma fábrica aqui”, disse Dimitris Psillakis, diretor de vendas e marketing da Mercedes ao PropMark. Pelo que se lê nas entrelinhas, a Mercedes pode estar planejando uma linha de veículos mais acessível assim como a BMW.

A Mercedes-Benz teve uma experiência anterior com um modelo nacional, o Classe A, que nunca teve o sucesso esperado pela empresa. Moderno e bastante equipado, o monovolume teve problemas com pós-venda e peças caras além de não ter caído no gosto do brasileiro. A fábrica construída para ele em Juiz de Fora, MG, acabou sendo convertida para a produção de vários modelos e agora passou a montar utilitários.

BMW nacional

Mas o recente interesse da rival BMW, que deve anunciar em breve uma fábrica no país, pode ter pesado na decisão da Daimler em rever sua atuação no Brasil. Os quase 4 milhões de veículos vendidos por ano, que transformaram nosso mercado em um dos maiores do mundo, também é um panorama bem diferente de quando o Classe A começou a ser vendido – na época, as vendas internas giravam em torno de 1,5 milhão de unidades.

Ouvida pelo AUTOO, a assessoria de imprensa da Daimler negou a informação. Segundo ela, "o executivo foi mal interpretado" na reportagem.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!