Mercedes Classe C passa a ser flex

Versão de entrada do sedã agora conta com o motor 1.6 turbo capaz de aceitar etanol e gasolina
Mercedes-Benz Classe C 2017

Mercedes-Benz Classe C 2017 | Imagem: Divulgação

Responsável por 43% das vendas da gama Classe C no Brasil, a Mercedes-Benz anuncia nesta segunda-feira a inclusão do motor 1.6 turbo flex para o C 180, versão de entrada do sedã médio que já está sendo produzido no Brasil. 

Segundo a Mercedes-Benz, os números de potência e torque permanecem os mesmos da opção a gasolina, portanto 156 cv a 5.300 rpm e 25,4 kgfm a 1.200 rpm. Além de oferecer mais uma opção na hora de abastecer, a Mercedes destaca a preocupação com o meio-ambiente ao oferecer aos consumidores a possibilidade de abastecer seus modelos com etanol. “Queremos proporcionar ao consumidor alternativas de abastecimento que sejam econologicamente amigáveis e, ao mesmo tempo, acessíveis”, explica Holger Marquardt, diretor geral da área de automóveis da Mercedes-Benz para América Latina e Caribe.

A fabricante também destaca que nenhum dos sistemas originais do C 180 foram alterados e ele mantém recursos como o start/stop, que desliga o motor quando o carro encontra-se parado.

A Mercedes-Benz inaugurou sua nova planta de Iracemápolis (SP) no dia 23 de março com o início da produção do Classe C no Brasil. O país passa a ser o quinto local de fabricação do sedã no mundo, além da Alemanha, África do Sul, Estados Unidos e China. Só no Brasil o sedã terá opção de motorização flexível.

Confira abaixo os preços da gama Classe C nacional: 

C 180 2016/2016: R$ 144.900
C 180 Avantgarde 2016/2016: R$ 157.900
C 180 Exclusive 2016/2016: R$ 157.900
C 200 Avantgarde 2016/2016: R$ 175.900

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções