Mercedes de R$ 2,3 milhões tem o IPVA mais caro de SP

Dono de modelo SLR McLaren terá de pagar R$ 92.707,96 de imposto neste ano

Mercedes-Benz SLR McLaren Roadster | Imagem: Mercedes-Benz

A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo divulgou nesta sexta-feira (18) as alíquotas referentes ao Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores para 2012, o IPVA, e os valores venais dos automóveis para calcular o tributo.

Segundo consta da lista da entidade, o veículo com valor venal mais alto em SP é um superesportivo Mercedes-Benz SLR McLaren Roadster 2009, avaliado em R$ 2.317.699. Com a alíquota de 4% exigida pelo Estado, o proprietário deste veículo terá de pagar R$ 92.707,96 às autoridades. A cobrança referente a este ano também foi encabeçada pelo mesmo carro.

O valor do imposto para esse caso pode assustar, ainda mais se tratando de um automóvel fabricado em 2009. Acontece que o valor do carro é um dos raros casos no mercado nacional em que o valor ultrapassa a cifra dos R$ 2 milhões. Mesmo modelos mais caros de fabricantes como Ferrari e Porsche não chegam a tal valor.

O outro lado da moeda do IPVA, no caso o veículo com imposto mais baixo, são as poucas unidades do Lancia Delta 1992 (vendidos por importadoras independentes), avaliado em R$ 2.450,00. A conta para esse carro é de apenas R$ 98,00.

IPVA cai em SP

A tabela do IPVA 2012 sofreu uma redução na ordem de 3,75% nos valores venais dos veículos para o estado de São Paulo. É a menor diminuição em três anos: em 2011 a queda foi de 7,11%, e, em 2010, a retração foi de 9,3%. Com essas diminuições, consequentemente, o imposto fica mais barato.

Donos de veículos a gasolina e bicombustível, em SP, respeitam a alíquota de 4% sobre o valor venal, calculado pela FIPE. Veículos movidos somente por etanol, eletricidade ou gás natural, recolhem 3% de imposto, ao passo que picapes e utilitários pagam, respectivamente, 4% e 2% de tributo. Para caminhões a taxa é 1,5%.

A tabela de valores venais para cálculo do IPVA em SP pode ser acessada no site da Secretária da Fazenda do Estado.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!