Nissan despenca no ranking em setembro

Atingida em cheio pelas cotas de importação, marca vendeu pouco mais de 4 mil carros contra mais de 10 mil unidades em outros meses

Nissan Versa | Imagem: Nissa

A Nissan acusou o golpe das cotas de importação do México, determinada pelo governo. De acordo com dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), a marca caiu da 8ª posição em agosto, quando vendeu pouco mais de 10 mil carros, para 12ª ao registrar apenas 4.526 veículos emplacados no mês passado.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!