Nissan Kicks nacional partirá de R$ 70.500

Modelo vai ganhar uma configuração de entrada com câmbio manual
Nissan Kicks 2017

Nissan Kicks 2017 | Imagem: Divulgação

Em um breve comunicado a imprensa divulgado nesta sexta-feira, a Nissan confirmou que “em breve” o Kicks nacional chegará a sua rede de concessionárias com uma novidade importante: o crossover ganhará uma versão de entrada, chamada S, com câmbio manual por R$ 70.500. A Nissan, contudo, não deu mais detalhes sobre a transmissão.

Além da versão S manual, o Kicks nacional seguirá com a oferta das versões SV (intermediária) e a topo de linha SL, que terá o preço reajustado dos atuais R$ 93.490 para R$ 94.900. Não se sabe, contudo, se esse aumento ocorrerá pela inclusão de mais itens de série, algo que só vamos saber na época do lançamento. O que a Nissan já deixou escapar é que o Kicks SL ganhará um opcional, no caso o alerta de colisão com sistema de frenagem automática, um dos raros modelos fabricados por aqui a oferecer o sistema de forma completa e não apenas o alerta sonoro ou visual.

A Nissan também adianta que o modelo ganhará novas opções de pintura contrastante entre o teto e a carroceria, mas não revelou as tonalidades. É notório que no segmento de veículos de porte médio para cima ou no caso dos SUVs, a demanda é muito maior pela transmissão automática, porém a estratégia da Nissan é oferecer uma opção bem acessível do Kicks para tentar fisgar quem não pode arcar com patamares de preço acima de R$ 85.000. De qualquer forma, alguns concorrentes oferecem versões manuais, como o caso do Hyundai Creta Attitude 1.6 manual (R$ 73.990) e o Ford EcoSport SE 1.6 manual tabelado em R$ 72.800. 

O que já se sabe, conforme adiantamos com exclusividade aqui no AUTOO, é que o Kicks nacional estreará configurações especiais destinadas ao público de pessoas com deficiência (PCD) e taxistas. O público PCD poderá adquirir o Kicks na versão S CVT. O preço não foi adiantado de forma oficial pela Nissan, mas, conforme apuramos, ele será de R$ 68.640 com pintura sólida ou R$ 69.990 com pintura metálica. Após a isenção tributária, os valores cairão para R$ 53.082 e R$ 54.126, respectivamente. 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!