Nova fábrica de motores da GM no Brasil será inaugurada até o final de 2012

Instalação em Joinville (SC) custará R$ 1 bilhão aos cofres da empresa; unidade deve produzir os novos motores de baixa cilindrada

Produção em Joinville começa em 2013 | Imagem: GM

As obras da nova fábrica de motores e transmissões da General Motors do Brasil em Joinville (SC) estão em ritmo acelerado. Em comunicado divulgado nesta sexta-feira (11), a empresa afirmou que a planta deve ser concluída até o final deste ano. Ao todo, a instalação consumirá um investimento de R$ 1 bilhão.

Embora a montadora ainda não confirme, a nova linha de montagem pode ser responsável pela nova linha de motores de baixa cilindrada da GM (1.0 e 1.4), que equipará as próximas gerações de veículos da Chevrolet no Brasil. A produção começa em 2013.

Conforme declarou Marcos Munhoz, vice-presidente da GM no mercado nacional, a primeira parte da fábrica a entrar em funcionamento será justamente a linha de montagem de motores e cabeçotes. Já as transmissões começam a ser feitas na unidade catarinense somente a partir de 2014.

A nova planta da GM ainda se destacará pelo lado da sustentabilidade. Está será a primeira fábrica equipada com sistema de geração de energia fotovoltaica da indústria automotiva brasileira. Ela também será a primeira a ter 100% dos resíduos industriais reciclados (“landfill free”), além de incorporar o tratamento inédito de efluentes e esgotos por meio de jardins filtrantes e reciclagem da água industrial por meio de osmose reversa, dentre outros.

“Temos muito orgulho em poder incorporar à unidade de Joinville um conjunto de sistemas e tecnologias inovadoras que farão dela uma fábrica sustentável. A GM, que completou 87 anos no Brasil, tem um compromisso com o desenvolvimento sustentável. Isso faz parte do DNA da companhia”, destaca Grace Lieblein, presidente da GM do Brasil.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!