Reconhecido pelo baixo consumo de combustível e as dimensões diminutas, a linha atual do Kia Picanto zero quilômetro está para terminar no mercado brasileiro. A divisão nacional da fabricante sul-coreana já programou o lançamento da segunda geração do compacto para o dia 26 de agosto próximo. Na ocasião o novo veículo será apresentado à imprensa especializada no Brasil e logo em seguida, em setembro, estreia nas lojas da marca.

O novo Picanto foi um dos destaques do concorrido Salão de Genebra deste ano, na Suíça, onde apareceu pela primeira vez aos olhos do público europeu. Por lá, aliás, o veículo já é vendido, assim como em países pela Ásia. Todas as unidades, entretanto, são fabricadas nas instalações da Kia Motors em Seul, a capital da Coreia do Sul.

O Picanto continua pequeno: tem apenas 3,64 metros de uma ponta a outra. Mesmo assim, a Kia diz que “esticou” o carro. O comprimento ganhou mais 6 centímetros em relação a linha anterior e a nova distância entre-eixos é 1,5 cm maior. Com essas pequenas alterações a marca conseguiu aumentar o espaço para os ocupantes no banco traseiro e a capacidade do porta-malas subiu de 200 litros para 220 l.

Kia Picanto 2012
Divulgação

O desenho do novo Picanto é mais uma obra do designer alemão Peter Schreyer

A parte estética, por outro lado, mudou bastante. O Picanto perdeu o visual “inocente”, sem grande ousadias, e virou mais uma obra de destaque do designer alemão Peter Schreyer, “pai” dos novos Sportage e Sorento, além de criador do bem sucedido Soul. As formas do compacto agora transmitem um aspecto mais esportivo. Essa impressão ainda é acentuada pelos farois e lanternas de leds e o desenho diferenciado da traseira, com traços mais modernos.

Kia Picanto 2012
Divulgação

A parte interna também foi renovada levando em conta o visual externo arrojado

Essa mesma evolução baseada no arrojo também é vista no interior do novo Picanto, que tem volante multifuncional com inusitado desenho com apenas dois raios e os comandos pelo painel voltados à mão do motorista. A Kia também equipou o novo Picanto com ar-condicionado digital e mais porta-objetos pela cabine. Na Europa o modelo ainda conta com opções de carroceria duas portas ou quatro portas, que será a única disponível para o Brasil.

Kia Picanto 2012
Divulgação

A segunda geração do Kia Picante é impulsionada pelo novo motor 1.0 flex três cilindros

A motorização do modelo também será totalmente nova e, finalmente, ganha a capacidade flex. O Picanto 2012 no Brasil será oferecido somente com o novo motor 1.0 Kappa da Kia, que além de beber etanol e gasolina, se diferencia por ter apenas três cilindros – a concepção mais comum é a de quatro cilindros. O consumo, porém, ainda não foi divulgado. Esse mesmo propulsor ainda conta com duplo comando variável de admissão e escape, item que ajuda na diminuição do consumo de combustível ao otimizar o fluxo de gases do bloco.

A Kia informa que o novo motor 1.0 para o Picanto gera 82 cavalos de potência e 9,5 kgfm de torque máximo. O propulsor da gama atual, com quatro cilindros, desenvolve 64 cv e 8,9 kgfm. A marca, porém, mais uma vez não divulga informações sobre o desempenho dinâmico do compacto na nova geração.

Kia Picanto 2012
Divulgação

Os traços da parte traseira do compacto ficaram mais moderno e com ar mais esportivo

E tal como a linha atual, o Picanto 2012 seguirá disponível com opções de câmbio manual de cinco marchas e automático de 6 velocidades. Segundo apurou o AUTOO, a versão com transmissão mecânica deve chegar ao mercado custando R$ 35.000, ao passo que o modelo sem pedal de embreagem deverá ser tabelado em R$ 40.000.

Thiago Vinholes

|