O que acontece se não calibrar os pneus do carro corretamente

Calibragem deve ser feita toda semana com a pressão indicada pelo manual do proprietário
Calibrar bem os pneus toda semana também contribui com a economia de combustível

Calibrar bem os pneus toda semana também contribui com a economia de combustível | Imagem: Divulgação

Calibrar os pneus é uma tarefa simples e importante ao mesmo tempo, mas que é negligenciada por muitos motoristas. O procedimento deve ser feito semanalmente com a pressão indicada pelo fabricante do veículo. Essa informação fica, normalmente, no manual do proprietário ou em algum lugar mais acessível, como no batente da porta do motorista ou na parte de dentro da portinhola do tanque de combustível.

VEJA TAMBÉM:

Dirigir com pneus abaixo da pressão ideal pode comprometer o desempenho do veículo, aumentar o consumo de combustível e comprometer a estabilidade e a segurança, por consequência.

Quando a pressão do pneu está abaixo do especificado pelo fabricante, a borracha que entra em contato com a estrada é maior do que deveria e, por este motivo, aumenta a aderência. Esta condição pode levar ao aumento da temperatura do pneu e comprometer a durabilidade dos componentes da suspensão e da própria peça.

Com o pneu com mais área em contato com o solo, o motor fará mais esforço, gastando mais combustível. Os pneus descalibrados aumentam o consumo de combustível, em média, de 10% a 20%, podendo chegar a 50% em casos extremos, segundo especialistas.

Pneu run flat nem sempre é uma boa opção,  principalmente em rodas grandes de perfil baixo de esportivos
Pneus devem ser calibrados quando estão ainda frios
Imagem: Divulgação

Estudos da NHTSA, órgão de segurança do trânsito dos Estados Unidos, demonstram que ao rodar com pneus sub inflados ou gastos, aumenta a chance de acidente em até três vezes. Isso porque os pneus murchos afetam diretamente a frenagem, fazendo o carro se arrastar mais do que deveria.

O contrário também pode ser prejudicial. Pneus inflados além do recomendado deixam somente a parte central em maior contato com o solo, também criando o desgaste irregular. Além disso, os pneus ficam mais suscetíveis a furos rodando nessa condição. A pressão acima do especificado pode reduzir a capacidade de frenagem, dirigibilidade e inclusive estabilidade em curvas e condições de rodagem.

Isso sem falar no conforto. Com os pneus cheios de ar eles ficam mais duros e, dessa forma, o carro tende a pular mais ao passar em obstáculos, afetando o trabalho da suspensão e, por consequência, a vida de quem está dentro do carro.

Dicas para calibrar o pneu de forma correta

  • Procure calibrar sempre com os pneus frios. Com eles quentes após rodar por muitos quilômetros, tendem a ficar mais cheios do que realmente estão por causa da expansão do ar. Por isso é importante fazer a calibragem logo após sair pela manhã.
  • Siga a recomendação do fabricante e lembre-se de que a pressão não é única. Ela varia conforme o uso. Se for viajar com o porta-malas cheio, a pressão nos pneus traseiros é sempre um pouco maior.
  • O ideal é calibrar os pneus sempre uma vez por semana. Mas caso rode pouco, pode calibrar logo após abastecer seu carro, mas lembrando da primeira dica, de fazer isso com os pneus frios.
  • Lembre-se de calibrar o estepe. Não precisa ser toda semana, mas pelo menos uma vez por mês é importante calibrar o pneu reserva para que ele esteja pronto para o uso em caso de emergência.

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Recomendados por AUTOO

Youtube
Fiat Strada: qual o segredo de sucesso da picape?

Fiat Strada: qual o segredo de sucesso da picape?

5 pontos que explicam por que o veículo vende tanto até hoje
Aviação
Embraer revela seu primeiro táxi-voador!

Embraer revela seu primeiro táxi-voador!

Veículo elétrico ainda não leva pessoas e será testado em voo ainda em 2024
MOTOO
Royal Enfield Guerrilla 450: todos os detalhes e 50 fotos

Royal Enfield Guerrilla 450: todos os detalhes e 50 fotos

Conheça preço, ficha técnica, desempenho, motor cores e versões da moto confirmada para o Brasil