O que são assistentes de condução? Veja exemplos e saiba como eles funcionam

Tecnologia está cada vez mais difundida, inclusive em modelos compactos e SUVs nacionais
Assistentes de condução colaboram para deslocamentos mais confortáveis e seguros

Assistentes de condução colaboram para deslocamentos mais confortáveis e seguros | Imagem: Divulgação

Nos últimos anos, a indústria automotiva tem investido fortemente em tecnologias de assistência à condução. Essas tecnologias visam aumentar a segurança no trânsito, tornar o ato de dirigir mais confortável e facilitar a vida do motorista. Entre as tecnologias mais recentes, destacam-se o controle de velocidade de cruzeiro adaptativo e o alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência.

O controle de cruzeiro adaptativo permite que o veículo mantenha a velocidade determinada pelo motorista de forma automática, podendo acelerar ou frear o automóvel para manter uma distância segura em relação ao veículo da frente. Esse recurso pode ajudar a reduzir a fadiga do motorista em viagens longas e prevenir acidentes causados por distração ou cansaço.

Já o alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência detecta a presença de outros veículos (ou até pedestres e ciclistas em sistemas mais avançados) na frente do automóvel e avisa o motorista com sinais sonoros e visuais para evitar a colisão. Se o motorista não reagir, o sistema pode aplicar automaticamente os freios para evitar ou minimizar um eventual impacto. Esse recurso é especialmente útil em situações de emergência, como quando o motorista está distraído ou não consegue reagir a tempo.

Alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência está presente no Chevrolet Tracker Premier
Alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência: recurso já presente em diversos modelos nacionais
Imagem: Divulgação

Além desses dois exemplos, outras tecnologias de assistência à condução incluem o sistema de manutenção de faixa, que ajuda o veículo a permanecer na sua faixa de rolamento, e o assistente de estacionamento, que mede o tamanho das vagas e controla o esterçamento do volante na hora da baliza. 

Existem ainda o farol com comutação automática (controla a troca entre os fachos alto e baixo analisando a presença de outros veículos na via) e o monitoramento de pontos cegos, que opera por meio de radares para avisar o motorista sobre a presença de outros veículos nas laterais do carro, geralmente exibindo um sinal de alerta nos retrovisor correspondente.   

Também estão surgindo tecnologias que integram informações de trânsito e navegação para antecipar algumas respostas do carro. Alguns automóveis mais sofisticados já são capazes de efetuar a leitura de placas de velocidade e ajustarem o controle de velocidade de cruzeiro adaptativo de forma integrada, apenas para citar um dos avanços. 

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Para quem deseja estacionar na garagem um veículo com tais recursos, atualmente o Hyundai HB20 em sua versão Platinum Plus (R$ 117.790), apenas para citar um exemplo, é equipado de série com o alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, assistente de permanência em faixa, farol alto automático, monitoramento de pontos cegos, entre outros itens. 

No segmento de SUVs, também como exemplo, o Jeep Renegade em seus catálogos Série S e Trailhawk, ambos tabelados em R$ 173.690 na maior parte do território nacional, conta com uma lista de assistentes de condução bem completa, a qual engloba o monitoramento de pontos cegos, assistente de estacionamento, alerta de colisão com frenagem autônoma, entre outros. 

Em resumo, as tecnologias de assistência à condução estão revolucionando a forma como conduzimos. Elas tornam o ato de dirigir mais seguro, confortável e fácil, e estão ajudando a prevenir acidentes e salvar vidas. No futuro, certamente veremos ainda mais avanços neste campo e uma continuação no desenvolvimento de sistemas mais avançados e integrados.

Detalhe do monitoramento de pontos cegos presente na gama Chevrolet Onix
Detalhe do monitoramento de pontos cegos presente na versão topo de linha da gama Chevrolet Onix
Imagem: Divulgação

Recomendados por AUTOO

Youtube
Nova Chevrolet Spin 2025

Nova Chevrolet Spin 2025

Minivan renovada quer fazer frente aos quase SUVs do mercado
Aviação
Argentina terá caças F-16

Argentina terá caças F-16

Jato supersônico é rival do Saab Gripen, da Força Aérea Brasileira. Veja quantos aviões nossos vizinhos compraram
AUTOO
Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Siga o AUTOO em nosso canal no WhatsApp

Acompanhe as notícias sobre automóveis do site de forma mais rápida e prática!