Onix 2017 mais barato sai por R$ 44,9 mil, Prisma, por R$ 53,7 mil

Modelos mais vendidos da Chevrolet estão 3% e 4% mais caros na linha 2017, respectivamente
Onix e Prisma 2017: campeões de vendas querem manter liderança

Onix e Prisma 2017: campeões de vendas querem manter liderança | Imagem: Divulgação

Renovados no visual e nos equipamentos, o Onix e o Prisma 2017 tiveram entre 3% e 4% de aumento na tabela. A versão mais acessível do hatch da Chevrolet, a LT 1.0, sai agora por R$ 44.890, 3,5% mais cara que antes. Já o sedã compacto mais vendido do país custa a partir de R$ 53.690, um aumento mais salgado de 6,8% em comparação com o LT 1.4 manual da linha 2016.

A Chevrolet revelou os preços e detalhes dos dois modelos nesta manhã em Gramado, onde apresenta o modelo à imprensa (o AUTOO não foi convidado). A principal novidade da linha, o Onix Activ, versão com visual aventureiro, custará a partir de R$ 57.190.

Mais equipamentos

Com o trunfo de ter dois modelos bem aceitos no mercado (o Prisma é o 7º no ranking e o Onix, o líder geral em 2016), a Chevrolet pôde focar em melhorias pontuais para não deixá-los expostos a rivais mais avançados.

Internamente, por exemplo, ela melhorou o acabamento de painéis, bancos e acrescentou itens como direção elétrica, sistema Bluetooth de série desde a versão LT, recursos como sensor de pressão dos pneus e a nova central MyLink2, que ganhou botões físicos para facilitar seu manuseio. Já o serviço OnStar, de concierge, será oferecido por um ano de forma gratuita, assim como ocorreu com o Cruze.

O estilo externo também demonstra que os dois carros querem passar uma impressão mais esportiva e sofisticada. O capô parece mais baixo, o que combina com a frente mais esguia. Na traseira, as lanternas receberam um leve retoque na parte inferior e o sedã, uma tampa do porta-malas que simula um spoiler.

Tudo para não precisar de um motor novo

Mais uma vez, a GM conseguiu driblar a necessidade de lançar uma motorização nova nos seus modelos compactos. A marca vem adiando essa decisão há tempos e somente agora aderiu ao Conpet, quando o consumo de alguns carros passaram a ser mais aceitáveis.

Com o Onix e o Prisma, ela tirou um pouco de eficiência de várias frentes para que os motores 1.0 e 1.4 SPE pudessem chegar à nota A do Inmetro. Isso incluiu reduzir o peso dos dois carros em mais de 30 kg, além de reduzir a altura deles e melhorar alguns aspectos aerodinâmicos.

Na parte mecânica também , o câmbio manual passou a ter seis marchas e com isso uma melhor relação entre elas capaz de reduzir o giro do motor em regime de cruzeiro – algo que outras marcas também fizeram. De quebra, a adoção da direção elétrica, além do conforto, reduz o consumo de combustível.

Com todas essas medidas, bastou mais uma vez aprimorar o cabeçote dos dois motores além de substituir partes internas como bielas e pistões a fim de reduzir o atrito e equipá-lo com uma nova ECU mais veloz, entre outras medidas menores.

Ou seja, a potência e torque seguem praticamente os mesmos, mas com menor consumo graças a esse conjunto extenso de medidas. E sem que fosse necessário seguir seus concorrentes com motores com 4 válvulas por cilindro, comando variável ou turbo com injeção direta.

Se o Onix e o Prisma já vendiam bem isso, imagine agora.

Confira os preços da linha 2017:

Onix 2017 2016 Diferença
LT 1.0  R$   44.890,00  R$   43.390,00 3,5%
LT 1.0 Mylink  R$   46.290,00  R$   45.390,00 2,0%
LT 1.4  R$   49.590,00  R$   46.690,00 6,2%
LT 1.4 AT  R$   54.790,00  R$   53.890,00 1,7%
LTZ 1.4  R$   54.490,00  R$   52.890,00 3,0%
LTZ 1.4 AT  R$   59.790,00  R$   58.390,00 2,4%
Prisma 2017 2016 Diferença
LT 1.4  R$   53.690,00  R$   50.250,00 6,8%
LT 1.4 AT  R$   58.990,00  R$   57.890,00 1,9%
LTZ 1.4  R$   58.690,00  R$   56.590,00 3,7%
LTZ 1.4 AT  R$   64.690,00  R$   61.990,00 4,4%
Assine a newsletter semanal do AUTOO!