Onix Plus faz vendas do Prisma quase sumirem

Novo sedan da Chevrolet também matou o Cobalt, que já teria deixado de ser produzido desde o final do ano passado
O Onix Plus atropelou não só o Cobalt como também o Prisma em vendas

O Onix Plus atropelou não só o Cobalt como também o Prisma em vendas | Imagem: Divulgação

Vice-líder em vendas no Brasil, o Onix Plus promoveu um verdadeiro extermínio no portfólio da Chevrolet desde que chegou ao mercado, no ano passado. Com um pacote de conteúdo imbatível, o sedan não só tomou o lugar do Prisma como decretou a aposentadoria do Cobalt, então um “compacto premium” de três volumes.

Embora os dois modelos ainda constem do site da montadora, as vendas quase desapareceram. O Prisma, que passou a levar o sobrenome Joy Plus, só é oferecido em duas versões, Plus (por R$ 52.390) e Black, com preço de R$ 53.090. Os valores, no entanto, são muito próximos do Onix Plus LT 1.0 de entrada, que custa a partir de R$ 56.190. O resultado é que em 2020 apenas 784 unidades do Prisma haviam sido emplacadas até esta sexta-feira, 28. Nesse mesmo período, o Onix Plus acumulava 17.827 veículos vendidos.

Fim de linha

Outro sedan que não resistiu aos encatos do Onix Plus foi o Cobalt, porém, esse efeito já era esperado. O modelo, lançado em novembro de 2011, teve a missão de ocupar um nicho em que a GM não atuava, o de sedans compactos com espaço generoso.

Em 2012, primeiro ano cheio de vendas, os números foram bons: 66,7 mil unidades emplacadas, mas desde a chegada da atual geração do Prisma o sedan perdeu parte do apelo. Em 2016, a Chevrolet ainda deu um tapinha no visual do carro, mas que serviu apenas para que a demanda pelo modelo ficasse estável na casa dos 22 mil carros/ano.

Em 2019, apenas 13,1 mil carros foram vendidos, já prenunciando que seu posto seria ocupado pelo novo carro, baseado numa plataforma mais moderna e global. Em dezembro, veio a notícia de que o modelo já havia sido retirado de produção, o que se confirmou com os exíguos emplacamentos dos últimos meses. Em janeiro, apenas 282 carros e neste mês 132 unidades até aqui.

Embora ainda permaneça ativo no site da Chevrolet, o Cobalt está apenas marcando passo enquanto seu fim oficial não é confirmado - o site Motor1 inclusive afirma que a GM já reconheceu essa realidade.

Quanto ao Prisma, apesar das vendas minguadas, é provável que a montadora ainda o mantenha como opção para frotistas enquanto valer a pena montá-lo.

Chevrolet Cobalt 2019
Chevrolet Cobalt 2019
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!