Palio volta a superar Gol e reduz diferença para 10 mil carros

É a segunda vez que o Fiat vende mais que o Volks em 2014 que, por sua vez, perdeu cerca de 30% das vendas

Fiat Palio Fire Way | Imagem: Fiat

Num mês para a indústria automobilística esquecer, o Palio, da Fiat, conseguiu superar o Gol e ser o carro mais vendido do Brasil. É a segunda vez que isso ocorre em 2014 – a primeira foi em março, mas por uma margem de apenas 327 unidades. Desta vez, a diferença foi mais significativa: enquanto o Volks emplacou em junho 13.167 exemplares, o Fiat conseguiu 14.080, pouco mais de 900 carros a mais.

Ainda assim a distância no acumulado do ano continua grande. O Gol lidera no acumulado com 93,6 mil carros contra 83, 2 mil do Palio, ou seja, 10 mil unidades. Restando mais um semestre para o fechamento do ano, o Fiat precisará reduzir a distância entre eles ao menos 1,7 mil por mês, em média. Se conseguir, quebrará uma escrita que dura 27 anos – desde 1987, o Gol é o carro mais emplacado do País.

Queda abrupta

Sintomas que isso possa vir a ocorrer existem. O Gol perdeu nada menos que 29,6% das vendas que possuía no mesmo período de 2013. O Palio caiu também, mas bem menos: 8,7%. Como AUTOO mostrou nesta semana, a perda de espaço do carro mais famoso da Volkswagen tem a ver com seu reposicionamento no mercado. Além de perder a geração 4, que fazia o papel de carro de entrada da marca, o Gol ganhou a companhia do novo up! e também teve seus preços reajustados a ponto de a versão mais barata custar ao menos R$ 32 mil.

Veja o ranking de emplacamentos em 2014

Não foi apenas o Gol que tem o que lamentar em 2014. O Uno deixou de figurar no topo da lista de mais vendidos. Agora, o hatch da Fiat acumula apenas a 5ª colocação, atrás de Fiesta e Onix, que hoje disputam entre si para ver quem será o 3º colocado nesse ranking.

Carros mais vendidos em 2014
Divulgação

Palio se aproxima do Gol, mas diferença ainda é de 10 mil unidades

Revezamento de posições

Entre as marcas, chama a atenção duas disputas. A Hyundai e a Renault continuam muito próximas. As duas se revezam na 5ª posição, conforme o momento. A montadora sul-coreana voltou a encostar em junho, aproveitando a troca de geração do Sandero. Agora, a diferença entre as duas é de apenas 636 carros.

Já Volkswagen e Chevrolet podem inverter suas posições em breve. Depois de perder a vice-liderança, a Volks tem se aproximado da empresa americana. Até junho, a diferença caiu de mais de 4 mil carros para somente 517 unidades, números que seriam mais comemorados se o mercado estivesse em alta e não o contrário.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!