Peugeot 308 começa a ser produzido na Argentina

Sucessor do hatch médio 307 chega ao Brasil no início de 2012

Cristinha Kirchner lança o Peugeot 308 na Argentina | Imagem: Divulgação

Com a presença da presidente da Argentina Cristina Kirchner, a Peugeot iniciou nesta quinta-feira, 17, a produção do 308, hatch médio que substituirá o 307, desde 2002 à venda na região.

Assim como seu antecessor, o 308 é fabricado em El Palomar, unidade da PSA que é responsável também pela produção do C4, C4 Pallas, Berlingo e o 408, seu irmão sedã. A versão argentina, aliás, terá design próprio, diferente do 308 francês, que recebeu uma reestilização este ano. As principais diferenças estão na frente, que é mais parecida com o 408 que o 308 feito na Europa.

Volta aos bons tempos

A Peugeot optou por priorizar o 408 por conta da má recepção do 307 Sedan, que nunca vingou no Brasil. Com isso, o hatch 307 acabou esticando sua vida no mercado por mais tempo do que se imaginava.

Ousado e moderno na época, o 307 aproveitou o sucesso do pequeno 206 para colocar a Peugeot numa posição de destaque entre os hatches médios. O modelo teve uma fase de alta nos anos seguintes, quando recebeu uma reestilização bem pensada. Com mais concorrentes no segmento, o carro perdeu espaço e viu suas vendas minguarem nos últimos anos.

Embora não tenha revelado a data de lançamento no Brasil, acredita-se que o 308 chegará ao país ainda no 1º trimestre de 2012.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!