Peugeot-Citroën anuncia expansão de fábrica no RJ

Grupo PSA investirá R$ 3,7 bilhões na ampliação da capacidade da planta para 300 mil unidades/ano até 2015

Peugeot 207 | Imagem: Peugeot

Carlos Gomes, presidente do Grupo PSA Peugeot-Citroën na América Latina, anunciou nesta quarta-feira (26) em Brasília (DF) o investimento de R$ 3,7 bilhões para ampliação da fábrica em Porto Real (RJ). A obras, com prazo de conclusão para 2015, elevarão a capacidade atual da planta de 150.000 unidades anuais para 300.000 carros.
 
O aumento da produção vem acompanhado da expansão da rede de concessionários Citroën e Peugeot pelo país. Segundo Gomes, a quantidade de lojas subirá de 320 pontos para 480 em quatro anos. Nesse meio tempo haverá ainda oito lançamentos, adiantou o executivo que não revelou detalhes sobre eles. Questionado pelo AUTOO se a Peugeot seria a principal beneficiada pelo investimento já que perdeu espaço para a concorrência, Gomes concordou: "ela está com a linha de produtos mais desatualizada".

Embora não diga quais são esses carros, já estão certos as novas gerações de modelos compactos do grupo, o novo Citroën C3, em 2012, e o Peugeot 208, em 2013. Segundo um executivo da marca, "o subcompacto barato é lenda", ao ser perguntado se a montadora pensa em disputar mercado com modelos baratos que Fiat e Volkswagen planejam para 2014.

O plano da PSA também prevê o aumento da produção de motores. De acordo com o presidente da empresa francesa, o volume atual de 280.000 propulsores saltará para 400.000 até 2015. Com todas essas ações, como antecipou Gomes, a empresa almeja conquistar uma fatia de 8% do mercado brasileiro de carros com os produtos Citroën e Peugeot.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!