Porsche 911 Carrera 4S estará no Salão

Versão com tração nas quatro rodas será uma das atrações da marca no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro

Porsche 911 Carrera 4S Coupé | Imagem: Divulgação

O lançamento mundial do novo Porsche 911 Carrera com tração nas quatro rodas será no Salão de Paris, que começa no dia 29 de setembro, mas o Brasil vai ser um dos primeiros países a conhecer o modelo. A versão com tração nas quatro rodas se junta ao Carrera e Carrera S (tração traseira) na nova geração "991" e será, ao lado do novo Boxster, uma das atrações da Porsche no Salão do Automóvel de São Paulo, no final de outubro.

Segundo a montadora, o 911 Carrera 4S une o desempenho e eficiência energética da nova geração do 911 Carrera aos benefícios dinâmicos da versão mais recente do sistema de tração integral ativo PTM (Porsche Traction Management).

Leia também: Salão de São Paulo terá test-drive

O novo 911 com tração integral chegará com duas configurações de carroceria - cupê e conversível. Além do Carrera 4S, a Porsche colocará no mercado o Carrera 4, que por enquanto não será trazido para o Brasil. As configurações de suspensão, motores e caixas de câmbio são idênticas às das versões com tração traseira. Mudam somente os itens referentes à tração integral. Mesmo com desempenho melhor, o consumo de combustível diminuiu 16% em relação à geração anterior, de acordo com a Porsche. Além disso, dependendo da versão, o novo 911 com tração integral pode pesar 65 kg a menos que na geração anterior.

As identificações mais visíveis do 911 com tração nas quatro rodas ainda estão na traseira. Cada compartimento de roda é 22 mm mais largo que nos 911 Carrera com tração nas rodas traseiras e os pneus têm 10 mm a mais de largura. A faixa de luz vermelha tradicional que conecta as duas lanternas conta agora com novo formato.

Câmbio

O novo 911 Carrera 4S pode ter duas opções de câmbio: automático PDK ou manual, ambos com sete velocidades. O motor boxer (seis cilindros contrapostos) do Carrera 4S, com 3,8 litros e 400 cv de potência, permite acelerar de zero a 100 km/h em 4,1 segundos (no Cabriolet, 4,3 segundos) e atingir velocidade máxima de 299 km/h (no Cabriolet, 296 km/h).

O consumo de combustível com o PDK é de 10,9 km/l (CO2 de 215 g/km) para o cupê e de 10,8 km/l (CO2 de 217 g/km) para o Cabriolet. Nos 911 Carrera 4, equipados com motor de 3,4 litros e 350 cv, o "zero a 100" é feito em 4,5 segundos (4,7 no Cabriolet), a velocidade máxima é de 285 km/h (282 km/h no Cabriolet), o consumo fica em 11,6 km/l (11,4 km/l no Cabriolet) e as emissões em 203 g/km no cupê e 205 g/km no Cabriolet.

Um novo menu no painel de instrumentos do 911 Carrera 4S informa ao motorista de que maneira a tração nas quatro rodas está distribuindo a potência do motor naquele momento. Juntamente com o lançamento dos modelos do 911 Carrera com tração nas quatro rodas, a Porsche está apresentando o equipamento opcional de piloto automático adaptativo (Adaptive Cruise Control, ACC) em todas as versões.

O ACC controla a distância do carro à frente e a velocidade do carro. Quando encomendado com o PDK, o sistema ACC acrescenta a função de segurança de proteção ativa da Porsche (Porsche Active Safe), que ajuda a evitar colisões na dianteira. Para as versões cupê, a Porsche oferece um novo teto solar com vidro deslizante. Dirigir os carros 911 com uma caixa de câmbio manual e o pacote Sport Chrono pode agora ser ainda mais esportivo: no modo Sport Plus, o sistema automaticamente realiza o desengate duplo ao passar para um marcha mais forte.

A geração anterior  desses modelos teve 24.000 unidades comercializadas desde 2008. Isso representa participação de 34% nas vendas totais dos modelos "997" de segunda geração. 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!