Porsche Cayenne atinge marca histórica

Segunda geração do SUV alemão atingiu 100 mil unidades em menos de dois anos

Porsche produz unidade número 100 mil do Cayenne | Imagem: Divulgação

A Porsche divulgou na última sexta-feira (20), que a segunda geração do Cayenne, apresentado há dois anos, atingiu a marca de 100 mil unidades produzidas na fábrica de Leipzig, na Alemanha.

Para efeito de comparação, em oito anos (2002 a 2010), a primeira geração do SUV vendeu 360 mil exemplares – média de 45 mil por ano. Junto com o sedã Panamera, o utilitário esportivo é um dos modelos mais comercializados pela montadora alemã e no Brasil emplacou 738 unidades no último ano.

Veja também: Cayenne híbrido: ecológico, mas sem perder a ternura

Por falar em emplacamentos no mercado nacional, o Cayenne de número 100 mil – que é pintada na cor branca e equipada com o motor 4.5 V8 – será destinado ao mercado brasileiro.

A Porsche foi uma das primeiras fabricantes tradicionais de carros esportivos a apostar nesse segmento e, apesar dos fãs mais conservadores terem torcido o nariz, o SUV de luxo foi crucial para aumentar a lucratividade da montadora. Marcas como Audi, Volvo e BMW também apostaram na categoria e outras como Maserati e Bentley já desenvolvem seus representantes.

Em 2013 a marca alemã apresentará um modelo menor que o Cayenne, chamado provisoriamente de Cajun. Ele ficará posicionado em um segmento onde BMW X3, Volvo XC60 e Audi Q5 já atuam.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!