Carros e comerciais leves ficaram 0,85% mais baratos em junho, aponta pesquisa

Picape compacta-média Fiat Toro foi o produto que registrou a maior redução
Fiat Toro Ultra

Fiat Toro Ultra | Imagem: Divulgação

A KBB Brasil divulgou esta quarta-feira (15) sua pesquisa de monitoramento dos valores praticados para carros e comerciais leves relativa ao mês passado. De acordo com o Monitor de Variação de Preços, como é chamado o levantamento, os preços registraram uma leve retração de 0,85% na média para o mês.

A categoria picape foi a que apontou a maior redução, no caso 8,98%, na comparação com maio deste ano. A picape compacta-média Fiat Toro, por sua vez, contou com uma destacada redução de 14,4% na média dos valores praticados no mês passado.

De acordo com a pesquisa da KBB Brasil, os furgões foram o segmento de mercado que contaram com a maior alta de preços na relação entre os meses de maio e junho deste ano. Os modelos com esse tipo de carroceria encareceram, em média, 8,77%. O Fiat Fiorino foi o que contou com a maior alta nos preços, ficando 12,5% mais caro.

“No caso da categoria hatchback, não houve uma variação de preços digna de destaque em junho. O acréscimo foi de 0,29%, ou seja, praticamente uma estagnação. Contudo, ao colocar uma lupa sobre os modelos, dois deles despontam com variações fora da curva média da categoria. Os casos mais acentuados são o do Toyota Etios, cujos preços subiram 6,63% no período, e do Volkswagen Fox, com valorização de 4,75%. Entre os SUVs, categoria mais aspiracional atualmente, a variação dos preços 0 km foi ainda mais tímida do que a registrada para os hatchbacks: 0,19% no último mês. Quanto aos modelos que tiveram variação superior a 1% no período, estão Honda WR-V, com 3,38% de acréscimo, e Nissan Kicks, com 2,48%”, completa a empresa de precificação. 

Fiat Toro 2021
Fiat Toro 2021
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!