"Preço do novo C3 começa em R$ 39.990", garante Citroën

Segundo leitores do AUTOO, concessionárias trabalham com valores mais altos, mas montadora atribui problema a atraso no envio da tabela atualizada

Versão Origine, de entrada, custa R$ 39.990 | Imagem: Citroën

Nem bem mostrou o novo C3 nesta terça-feira e a Citroën já viu seu modelo envolvido em polêmica. Tudo por causa de alguns concessionários que não estão seguindo os valores divulgados pela montadora.

O leitor Geraldo Machado, por exemplo, alertou o AUTOO após ter visitados duas lojas da marca francesa em São Paulo: “a matéria de vocês mostra preços que não existem no mercado”, desabafou. Segundo ele, a versão Origine, mais barata, custa R$ 42.990 nas concessionárias visitadas – o preço informado pela Citroën é de R$ 39.990.

A redação do AUTOO ligou para a concessionária Genève, localizada na zona sul da capital paulista e obteve outros valores: R$ 40.990 pela Origine e R$ 45.990 pela Tendance (valor de tabela oficial de R$ 43.990). “Isso para pintura sólida. Com pintura metálica o Origine sai por R$ 43.350”, explicou o vendedor da loja.

Questionada a respeito da diferença de preços praticados pela rede, a assessoria de imprensa da Citroën foi taxativa: “os preços do novo C3 são os informados na coletiva de lançamento”. De acordo com Rogério Franco, gerente de imprensa, “as tabelas de preços estão sendo enviadas para as concessionárias nesta terça-feira”. A empresa disse que espera que o mal-entendido seja resolvido o mais rápido possível.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Modelo ganhou novo visual e alguns equipamentos interessantes. Assista
Aviação
Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Embraer KC-390 da FAB pode ser convertido para avião bombeiro. Veja como funciona
MOTOO
Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Uma das maiores montadoras do mundo, a gigante indiana construiu fábrica própria em Manaus para produção de motocicletas