A Citroën convoca todos os donos de AirCross no mercado brasileiro para revisão dos parafusos que prendem o capô. Segundo a montadora, por uma “não conformidade do torque de aperto dos parafusos” o defeito pode levar ao surgimento de ruídos e, em casos mais extremos, a tampa pode se abrir de forma espontânea, aumentando o risco de acidentes.

A marca informa que o recall envolve 6.647 unidades do Aircross fabricadas desde setembro de 2010, quando o carro foi lançado no Brasil. Os modelos no chamado têm numeração de chassi de BB504240 a BB566301 e deverão comparecer às concessionárias Citroën para verificação dos componentes. Mais informações pelo telefone 0800 011 8088 ou no site da montadora.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Thiago Vinholes

|