Rely lança dois novos utilitários no Brasil

Por R$ 35.500 e R$ 37.990, picapes trazem ar-condicionado e direção hidráulica de série

Rely Pick-up CD | Imagem: Divulgação

A Rely aumentou o seu leque de opções de utilitários oferecidos no mercado brasileiro. A marca chinesa trouxe as novas Pick-Up cabine dupla (chamada de CD) e Pick-Up cabine estendida (EX) para o país, que são vendidas por R$ 37.990 e R$ 35.500, respectivamente.

Curiosamente, as duas picapes não trazem freios com ABS e airbag duplo, exigências para todos os veículos novos no Brasil a partir de 2014. Desta maneira, ambos os modelos deverão sofrer alterações no ano que vem.

Os modelos trazem como atrativos direção hidráulica e ar-condicionado de série, itens raros no segmento. Ambos os têm motorização de 1 litro movida a gasolina, acoplados a uma transmissão manual de cinco velocidades. Tal conjunto é capaz de gerar 64 cv e 9 kgfm de torque.

Em relação à capacidade de carga, a versão de cabine simples comporta até 780 kg, segundo a Rely, distribuídos nos 3 metros de comprimento por cerca de 1,5 m de largura da caçamba. Já a versão CD, que leva até cinco pessoas, tem caçamba menor. Com quase 2 m de comprimento por 1,515 m de largura, o modelo leva até 475 kg de carga.

Veja também: Quem vai assumir os órfãos da Kombi?

Tanto a Rely Pick Up CD quanto a Pick Up EX oferecem três anos de garantia ou 80 mil quilômetros, o que vier primeiro. Certamente, a marca (de propriedade da Chery) está de olho nos órfãos da Kombi com os novos modelos.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Modelo ganhou novo visual e alguns equipamentos interessantes. Assista
Aviação
Maior avião brasileira está combatendo incêndios no Pantanal

Maior avião brasileira está combatendo incêndios no Pantanal

Embraer KC-390 da FAB pode ser convertido para avião bombeiro. Veja como funciona
MOTOO
Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Uma das maiores montadoras do mundo, a gigante indiana construiu fábrica própria em Manaus para produção de motocicletas