Mais um capítulo da novela “Saab fecha ou não fecha”, este com final feliz. A montadora sueca anunciou ter conseguido mais um empréstimo, agora no valor de US$ 36 milhões, vindo do fundo Gemini Investment. No início do mês passado, a Saab tentou emprestar US$ 45 milhões da chinesa Hawtai, mas o acordo desandou.

Além do montante emprestado do Gemini Investment Fund, a Saab ainda espera cerca de US$ 42 milhões do Banco Europeu de Investimento. A soma dos valores permitirá à montadora pagar salários atrasados e negociar dívidas com fornecedores, e assim retomar sua produção da fábrica de Trolhattan, paralisada há meses por falta de pagamentos.

A difícil situação, no entanto, não impediu que a Saab anunciasse novos modelos durante o Salão de Genebra, nem que lançasse recentemente a versão perua do 9-5.

Rodrigo Mora

|

Veja mais notícias da marca