Sedã Cobalt ganha itens de segurança na linha 2018

Chevrolet introduz Isofix, luz de neblina traseira além de nova cor em seu sedã compacto 'médio'. Preços não foram divulgados
Chevrolet Cobalt 2018

Chevrolet Cobalt 2018 | Imagem: Divulgação

Reestilizado na linha 2017, o sedã Cobalt, da Chevrolet, demorou a ‘virar de ano’ novamente. E as novidades são bastante restritas. A montadora adicionou alguns itens de segurança além de introduzir uma nova cor ao portfólio. Os preços, no entanto, ainda não foram divulgados.

Disponível em três versões, com câmbio manual e automático, o Cobalt agora passa a contar com Isofix e o gancho Top Tether , que ajudam na ancoragem mais prática e segura de assentos infantis. Ainda no quesito segurança, o sedã ganhou luz de neblina traseira.

Além das seis cores já disponíveis na linha 2017, o Cobalt agora conta com um novo padrão de cinza, batizado de “Satin Steel”. A Chevrolet aproveitou também para mudar a posição dos logos da versão e do nome do carro, assim como ocorreu no Onix e Prisma. Agora o nome do carro fica à esquerda e o da versão, à direita, como nos modelos no exterior.

Bom começo de carreira

Apesar do visual criticado na época de seu lançamento (2011), o Cobalt teve uma estreia bastante promissora no mercado brasileiro. Em 2012, primeiro ano cheio de vendas, o sedã de interior espaçoso emplacou quase 67 mil unidades, um feito quase repetido no ano seguinte.

Mas com a chegada do novo Prisma, além de outros concorrentes, e a crise financeira o modelo desceu a ladeira atingindo apenas 22,5 mil exemplares vendidos no ano passado, mesmo com o visual renovado. Por enquanto, essa situação não parece que irá mudar, mesmo com a nova linha 2018.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!