Sem peças, Strada tem 5 meses de fila de espera, diz site

Falta de componentes na fábrica da Fiat em Betim (MG) também teria causado a suspensão das vendas de Uno e Doblò
Fiat Strada 2021

Fiat Strada 2021 | Imagem: Divulgação

Com a estreia da nova geração, a Fiat Strada não só conseguiu manter a liderança do segmento de picapes como também ampliou sua participação de mercado. Em poucos meses, terminou de aposentar a geração antiga, que tinha sido mantida como opção mais acessível para quem precisava de um carro de trabalho.

No entanto, os colegas da revista Quatro Rodas apuraram que, apesar do grande sucesso, a Fiat não estaria dando conta da demanda pela nova Strada. A marca teria comunicado à sua rede de lojas que, devido à procura elevada e a escassez de componentes, a fábrica de Betim (MG) está com dificuldades para atender aos pedidos. A fila de espera pela picape pode chegar a 150 dias, ou praticamente 5 meses.

Em junho de 2020, quando a nova Fiat Strada foi lançada, sua fila de espera já chegava a 60 dias. No entanto, mesmo com a capacidade de produção dobrada, a marca ainda não consegue dar conta da demanda. Teria sido o grande sucesso que determinou o fim da Strada antiga antecipadamente, para dar espaço na fábrica para a nova geração.

De acordo com a publicação, a situação de outros dois modelos da Fiat seria ainda mais grave. No caso do Uno e da Doblò, os pedidos estariam simplesmente suspensos para vendas diretas, que chegam a representar mais de 90% dos emplacamentos de ambos os carros. Em nota, a Fiat declarou que “a situação do fornecimento de insumos para a linha de produção desses modelos é ainda mais crítica”.

Fiat Strada 2021
Fiat Strada 2021
Imagem: Divulgação