Supercarro desconhecido desafia o Bugatti Veyron

Minerva J.M. Brabazon é um projeto híbrido com motor V12 que deve chegar a 400 km/h

J.M. Brabazon é o superesportivo da Minerva | Imagem: Divulgação

Se para você a palavra Minerva significa a deusa romana da sabedoria e das artes, não se sinta sozinho. A empresa belga é praticamente desconhecida em todo mundo, mas pretende mudar este cenário com o anúncio do J.M. Brabazon, superesportivo que deve ultrapassar os 400 km/h.

Homenageando o piloto e aviador inglês J.M. Brabazon, a Minerva combinou um motor V12 biturbo com dois elétricos que atuam apenas nas rodas dianteiras. O conjunto é conectado ao mesmo câmbio sequencial de seis marchas usado na Fórmula 1. O Bugatti Veyron que se cuide!
 
O supercarro possuí chassi monocoque de fibra de carbono e carroceria feita em um composto de carbono e kevlar. O resultado é um carro com relação de peso potência igual a 1 kg/cv. O piloto ainda poderá optar entre os cincos diferentes modos de condução disponíveis (econômico, normal, esportivo, corrida e modo seguro).

Quem sabe com este novo projeto a companhia consiga se reerguer. Afinal, foram mais de 50 anos desde o seu fechamento, em 1956. Antes disso, a companhia fundada em 1897 produziu mais de 50 mil carros de passageiros no começo do século XX, além de bicicletas e motocicletas.

Resta-nos aguardar por mais informações como potência, peso e previsão de quando será iniciada a produção. Todavia, a Minerva afirma que um protótipo deve ser apresentado até o final da temporada de Salões Automotivos, provavelmente ainda neste ano.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!