Tata Motors planeja fábrica no México

Grupo indiano pode investir US$ 100 milhões no país para entrar no mercado automotivo da América Latina

Tata Nano agora é vendido em supermercados | Imagem: divulgação

Hoje presente basicamente em mercados na Ásia, África e Europa, o grupo indiano Tata Motors planeja alçar vôos maiores. Segundo reportagem do canal de televisão CNBC, dos Estados Unidos, o maior fabricante de automóveis da Índia planeja investir US$ 100 milhões (cerca de R$ 202,7 mi) na construção de uma fábrica no México com capacidade para produzir 50 mil carros por ano.

O plano dos indianos, segundo o canal, é expandir a atuação da montadora até os mercados da América Latina, regiões emergentes com potencial de crescimento. Nenhuma data para início da operação foi mencionada.

O noticiário também apontou os cinco possíveis veículos que a Tata poderia fazer no México: Vista, Indica, Manza, Ária e o Nano, conhecido por ser o automóvel mais barato do mundo.

Como toda montadora instalada no México, a Tata Motors, caso de fato se instale no país, poderia escoar sua produção para o Brasil aproveitando o acordo comercial entre os países, que livra os automóveis de sobretaxas de importação.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!