Antes muito orientada para seus modelos de médio e grande porte, a Mercedes-Benz prova que está conferindo uma atenção cada vez mais especial para sua gama de compactos com a estreia da nova geração do Classe A.

A plataforma que sustenta o projeto do hatch também resultou em projetos muito interessantes, como é o caso do crossover GLA, do futuro utilitário esportivo GLB com seus 7 lugares e, aquele que é o tema de nossa avaliação o inédito Classe A Sedan.

Começando em uma análise dentro da própria marca, o Classe A Sedan mostra-se um modelo até mais interessante que o irmão CLA. O novo três volumes pode não ter o estilo mais arrojado e dinâmico do cupê 4 portas compacto, mas o Classe A Sedan se diferencia pela cabine com acesso mais fácil – em especial para os passageiros do banco traseiro – além de um ótimo compartimento de bagagens para 470 litros, o que faz do A Sedan uma boa pedida até mesmo para o uso familiar.

Ao contar com a silhueta de um três volumes convencional, a Mercedes-Benz fez um excelente trabalho para tornar o Classe A Sedan mais agressivo no visual, algo que sua dianteira baixa e a grade frontal bem destacada fazem questão de realçar. O importante é que, em especial para um modelo que espera atrair um público novo – e mais jovem – para a marca, o Classe A Sedan agrada bastante quando observado por fora e está longe de ser um modelo insosso.

Uma pena, no caso do menor sedan da linha Mercedes-Benz, é que algumas características de seu projeto, entre elas o túnel central traseiro bastante elevado, acabam retirando parte do espaço que poderia ser melhor aproveitado para as pernas dos ocupantes na segunda fileira de assentos. De qualquer forma, dois adultos de estatura mediana conseguem se acomodar com bastante conforto por ali.

Ponto primordial no Classe A Sedan é que em nenhum momento você vai se lembrar que está no carro mais barato da marca no Brasil. A qualidade construtiva, a seleção dos plásticos e materiais para o revestimento dos bancos e o acabamento superior de uma marca premium estão ali presentes.

Se você analisar friamente, é claro que o Classe A Sedan não é uma compra racional, já que, por bem menos do que os R$ 146.990 pedidos no A 200 Sedan Style você estaciona na garagem de casa um Toyota Corolla topo de linha (Altis Hybrid Premium – R$ 135.990) se a sua ideia é um carro que entregue o máximo em eficiência ou pode também cogitar um VW Jetta GLI (R$ 147.990) se a busca é por mais performance. Mas é claro que nenhum deles vai lhe entregar o mesmo status ou uma cabine tão envolvente quanto o sedan da Mercedes-Benz. O sistema de infoentretenimento MBUX presente na nova geração do Classe A, por exemplo, é um recurso bastante interessante e ainda acrescenta mais sofisticação ao habitáculo.

Movido pelo motor 1.3 turbo, que atua em conjunto com o câmbio de dupla embreagem com 7 marchas, os 163 cv e 25,5 kgfm de torque presentes no sedan conferem as boas respostas que esperamos encontrar em um carro premium. Indo um pouco além do desempenho em si, ponto positivo no caso do Classe A Sedan vai para o acerto elogiável dos sistemas de freio, direção e suspensão, pontos onde uma marca alemã premium se sobressai. Uma única crítica na parte mecânica fica por conta do nível de ruído, que mostrou-se um pouco elevado demais na unidade avaliada. Em um carro premium como é o caso, não é algo que esperávamos encontrar.

Com um 0 a 100 km/h na casa de 8 segundos e alcançando até 230 km/h de velocidade máxima, o A 200 Sedan não deixa de ser rápido e sempre disposto nas acelerações e retomadas independente do uso na cidade ou na estrada. Com seu interessante sistema que pode desativar 2 dos 4 cilindros quando o motor não é muito solicitado, os dados de consumo do A 200 Sedan são animadores, podendo chegar aos 11 km/l em uso urbano e superando os 14 km/l no ciclo rodoviário, em média. O modelo, é bom mencionar, aceita apenas gasolina.

Em resumo, o Classe A Sedan é uma pedida muito interessante para quem deseja entrar em uma marca premium como é o caso da Mercedes-Benz. O três volumes, sem dúvida, funciona como uma ótima porta de entrada nesse universo, uma vez que entrega ao seu motorista todas as benesses de estar ao comando de um carro projetado com extremo cuidado e atenção. Ele não é uma compra racional – como ocorre com muitos produtos dessa segmentação de mercado – mas entrega todo um cuidado no acabamento e uma percepção de status que poucos outros modelos são capazes de alcançar por esse preço.

 
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
Mercedes-Benz Classe A Sedan 2020
 
 

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/