A Fiat deu uma bela “bombada” no Uno 2017. O modelo estreou uma nova família de motores, ganhou vários equipamentos dentre eles os importantes controles de tração e estabilidade, e ainda recebeu várias melhorias no visual e no acabamento interno. Mas será que tudo isso é suficiente?

Para esmiuçar alguns detalhes do modelo o AUTOO avaliou uma das versões mais caras do modelo, no caso a Way 1.3 com o câmbio automatizado Dualogic. Tabelada em R$ 53.830, ela mostra como a geração atual do Uno chegou em um interessante estágio de maturidade. É até engraçado entrar no Uno avaliado por nós e encontrar tantos recursos, provando que ele afastou-se da aura de carro popular. Quando abrimos os olhos para a concorrência, entretanto, notamos que o projeto do Uno precisa evoluir em muitos pontos para manter-se competitivo.

Um dos principais motivos, por exemplo, está ligado ao espaço interno, que já mostra-se muito defasado no Uno. Os passageiros nos bancos dianteiro ou no assento traseiro estão longe de sentir a sensação de espaço a bordo que um Volkswagen up! oferece, a qual também sequer se iguala a modelos como o Renault Sandero ou um Chevrolet Onix.

É fato que, mesmo entre os hatches, os brasileiros fazem questão de modelos um pouco mais versáteis e que acomodem ao menos 4 adultos com conforto. Por isso modelos como o próprio Onix, além do Ford Ka, Hyundai HB20 e Volkswagen Gol figuram no topo do ranking de vendas e o Fiat Uno hoje amarga apenas a 21ª posição em nossa lista.

Curioso é que hoje fica difícil entender qual será o caminho do Uno dentro da gama Fiat em especial após a chegada do Mobi e a estreia, em breve, do Argo. Caberá ao primeiro ocupar o papel de modelo destinado ao uso urbano, o segundo carro da família, com suas proporções compactas e bem amigável para o uso diário. Já o Argo, maior e mais sofisticado, atenderá justamente esse público que hoje opta por Chevrolet Onix e Hyundai HB20 e quer um modelo até mais “luxuoso” por assim dizer.

De qualquer forma, os pontos positivos do Fiat Uno Way Dualogic como o que avaliamos aqui seguramente vão para o motor 1.3 Firefly e o bom nível de equipamentos.

Desenvolvido em grande parte pela equipe brasileira da engenharia da FCA, o motor 1.3 Firefly se destaca pelas ótimas respostas que confere ao Uno. Acelerações e retomadas são feitas de forma bem espertas pelo compacto, que transparece a sensação contarmos com um motor de maior deslocamento sob o capô. Segundo a Fiat, o modelo precisa de bons 10,1 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e alcança 177 km/h de velocidade máxima. São números excelentes considerando a proposta do Uno.

 
 
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
Fiat Uno 2017
Fiat Uno 2017
 
 

O câmbio automatizado presente no modelo, que é o mesmo GSR-Comfort aplicado no Mobi Drive 2018, mostra o quanto a Fiat evoluiu no uso de tipo de câmbio, mas a transmissão ainda não oferece a mesma suavidade nas trocas como um automático convencional ou um CVT. Operado por meio de botões no console central, a caixa automatizada traz recursos interessantes como a função Sport e a opção de trocas sequenciais por meio de borboletas no volante.

Apesar de todo o esforço da Fiat em difundir as transmissões robotizadas, fica claro que elas fazem muito mais sentido em modelos como o Mobi e o Volkswagen up!, até mesmo por não acrescentar tanto no preço dos modelos em relação ao que custaria um câmbio automático, do que em produtos de categorias superiores. Logo, se você procura um hatch automático, vale mais a pena considerar modelos como o Toyota Etios e o Hyundai HB20. Por um preço bem menor do que o Uno Way Dualogic, você consegue levar para casa um Etios X automático, hoje tabelado em R$ 50.990.

Na hora de dirigir, o Uno cumpre com o que é esperado de um hatch compacto. A suspensão, que é levemente mais alta nessa versão, melhora o conforto em vias esburadacas, mas colabora muito mais para o estilo “aventureiro” do carro do que o torna apto para trilhas na mata. Talvez as respostas da direção poderiam ser um pouco mais rápidas, porém reflete apenas uma questão de gosto. No geral, o Uno está na média dos concorrentes e não deixa a desejar. Um ponto positivo do 1.3 Firefly é o baixo nível de ruído, que colabora para o bem estar a bordo.

Além dos controles de tração e estabilidade, outro recurso muito bom que foi adotado no Uno Way 2017 é o start-stop. O sistema, que desliga o motor quando o carro encontra-se parado, beneficia muito quem roda longas distâncias pela cidade e está sempre sujeito a engarrafamentos pelo caminho. Com isso, o Uno com motor 1.3 e o câmbio robotizado de 5 marchas consegue entregar médias de 13,2 km/l na cidade e 13,7 km/l na estrada com gasolina, números muito bons.

Ainda na lista de equipamentos de série, além de tudo o que já foi mencionado aqui o Uno Way Dualogic conta com ar-condicionado, travas e vidros elétricos, dentre outros. Com o “Kit Tech”, que custa R$ 4.194 e eleva o preço do carro para R$ 58.024, o Uno Way Dualogic recebe as rodas de liga leve aro 14”, retrovisores elétricos com tilt down além de sensor de estacionamento com visor gráfico no rádio.

Com isso, a estratégia da Fiat é posicionar o Uno como uma alternativa muito bem equipada e, com isso, ganhar a atenção de possíveis clientes. O grande problema, contudo, é que nem sempre ser muito bom em apenas um quesito é o suficiente. Falta ao Uno um interior mais espaçoso e um projeto mais atual, como podemos ver o reflexo em sua queda nas vendas.

De qualquer forma, você não encontra hoje no mercado um “aventureiro” com a opção de câmbio robotizado e preço tão convidativo como o Uno Way 1.3 Dualogic. Só tenha em mente que o modelo fica devendo em espaço interno, logo não é indicado para famílias muito grandes. Um cross up! TSI 2018, por exemplo, seria uma opção bem mais interessante na minha opinião. Ele tem preço sugerido de R$ 55.600 e traz sob o capô o premiado motor 1.0 TSI, porém você só vai encontrá-lo com câmbio manual.

Ficha técnica

Fiat Uno 2017 Way Dualogic 1.3 8V flex automatizado 4p
Preço R$ NaN (10/2017)
Categoria Hatch compacto
Vendas em 2017 34.332 unidades
Motor 4 cilindros, 1332 cm³
Potência 101 cv a 600 rpm (gasolina)
Torque 13,7 kgfm a 3500 rpm
Dimensões Comprimento 3,82 m, largura 1,656 m, altura 1,555 m, entreeixos 2,376 m
Peso em ordem de marcha 1057 kg
Tanque de combustível 48 litros
Porta-malas 290 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/