A Toyota tomou uma atitude no mínimo desesperadora para tentar resolver os seguidos problemas de qualidade nos seus veículos vendidos na América do Norte. A montadora decidiu suspender a produção e venda de oito modelos envolvidos no recall anunciado na semana passada.

Entre eles estão os sedãs mais vendidos da marca, o Corolla e o Camry. A medida vale a partir de 1º de fevereiro e durará até que a Toyota encontre uma solução para o defeito que deixa o acelerador desses carros endurecido a ponto de travá-lo em aceleração máxima.

O recall envolve 2,3 milhões de veículos produzidos nos Estados Unidos e Canadá – os modelos fabricados no exterior não foram afetados, o que inclui o Camry, RAV4 e Land Cruiser que são vendidos no Brasil.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/