Troller lança série T4 Desert Storm

Modelo com personalização exclusiva também traz equipamentos para o off-road

Troller T4 Desert Storm | Imagem: divulgação

Longe dos holofotes há algum tempo, mas sempre na ativa, a Troller apresentou nesta sexta-feira (23) o jipe T4 na série limitada Desert Storm. Apenas 45 unidades do carro serão fabricadas e vendidas por R$ 96.900 cada. “Se os mesmos itens dessa versão fossem inseridos no T4 como acessórios o modelo ficaria R$ 6.000 mais caro. É uma oferta de exclusividade com custo-benefício”, apontou Wilson Vasconcelos, gerente-geral da fabricante cearense, durante a apresentação do carro.

O utilitário chega às lojas da marca neste mês e quem quiser um terá de correr: 25 exemplares da edição já foram vendidos.

O visual do Desert Storm é ditado pelo tom bege, como a areia do deserto, e o nome da série vai estampado nas laterais do jipe e na capa do estepe traseiro. Mas o que mais interessa nesse carro aos “jipeiros” é a lista de equipamentos.

A série já vem equipada de fábrica com guincho para 4,3 toneladas, snorkel (para atravessar trechos alagadados), para-choque com pontos de ancoragem, protetores de lanternas e “peito de aço”, um protetor de cárter mais resistente. O modelo também conta com 2 anos de garantia, como o T4 comum.

Por dentro o T4 especial se diferencia do modelo normal pelos bancos revestidos por capas de neopreme com estampa camuflada. A cobertura é removível, o que facilita a higienização da cabine. A parte traseira da capota rígida também pode ser removida manualmente, deixando os santantônios à mostra.

A motorização do Desert Storm é a mesma do T4, composta pelo motor 3.0 turbodiesel fornecido pela MWM-International, de 163 cv e câmbio manual de 5 marchas com tração 4x4 com caixa de redução. O mesmo vale para o pneus, oferecida na medida 255/75 e calçados em rodas de alumínio aro 15”.

Linha 2012

A série especial do T4 também abre a linha 2012 do jipe da Troller. A versão de volume, agora oferecida por R$ 93.227 (uma elevação de R$ 700), o veículo incorporou modificações no interior, como a alteração dos materiais de painel e a cor do acabamento combinando com a pintura externa. Falando em cor, a marca também lançou mais duas cores para o utilitário: Branco Diamente e Azul Maresias.

“Arrumando a casa”

Adquirida pela Ford em 2007, a fabricante baseada em Horizonte (CE) está passando por um processo de reformulação. “A Ford não comprou uma montadora, comprou uma boa marca de automóveis”, contou o diretor da marca. “Quando assumimos a Troller os carros eram feitos quase que inteiramente de forma manual. Hoje a história é outra, mas ainda estamos arrumando a casa”, lembrou Wilson Vasconcelos.

Em 2010 a Troller vendeu 1.200 carros e neste ano, segundo previsão da marca, deve fechar com 1.500 unidades. “Mudamos os modos de produção e estamos fazendo mais carros por dia. Por isso o crescimento”, explicou Vasconcelos. O diretor da fabricante também ressaltou que mais de 500 componentes do T4 foram alterados desde a entrada da Ford nos negócios da marca horinzontina.

Perguntado sobre planos para mais adiante, como outros carros, o Vasconcelos foi enfático - “Primeiro vamos trabalhar para a Troller ter um futuro”. Ou seja, por enquanto apenas o T4 está nos planos da subsidiária cearense da Ford.

Recomendados por AUTOO

Youtube
Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Toyota Corolla Cross 2025 muda para encarar chineses

Modelo ganhou novo visual e alguns equipamentos interessantes. Assista
Aviação
Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Maior avião brasileiro está combatendo incêndios no Pantanal

Embraer KC-390 da FAB pode ser convertido para avião bombeiro. Veja como funciona
MOTOO
Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Bajaj inaugura fábrica no Brasil

Uma das maiores montadoras do mundo, a gigante indiana construiu fábrica própria em Manaus para produção de motocicletas