A Toyota passou por mais uma turbulência causada por desastres naturais. Após os danos causados pelo terremoto que atingiu o Japão em março deste ano, a fabricante voltou a paralisar suas atividades no país por conta da passagem do tufão Roke.

Por conta da evacuação de mais de 1 milhão de habitantes da região afetada pelas tempestades, a Toyota teve de paralisar as atividades em 11 de suas 15 fábricas no Japão. Entretanto, em comunicado oficial, a montadora japonesa revelou que as unidades não sofreram danos significativos e as atividades nas plantas serão retomadas já nesta quinta-feira (22).

A tempestade causada pelos fortes ventos, que passaram dos 200 km/h, atingiu principalmente a região nordeste do Japão. O local abriga um dos maiores centros industriais do país e boa parte das instalações da Toyota, tanto de produção como de sistemistas. Já as plantas da marca em outras regiões do país asiático, como as unidades de Hokkaido (norte) e Tohoku (nordeste), não foram afetadas.

Thiago Vinholes

|