Volkswagen lançará perua Golf em junho

Nova geração da Golf Variant usará motor 1.4 turbo a gasolina de 140 cv e tomará lugar da aposentada Jetta Variant

Volkswagen Golf Variant | Imagem: Divulgação

Apesar da decadência das peruas após a chegada de minivans e crossovers, a Volkswagen decidiu investir no segmento e se prepara para lançar no mercado brasileiro a nova geração do Jetta Variant, que passará a se chamar Golf Variant. O novo modelo deve ser lançado nas concessionárias da marca no País no fim de junho.

Assim como o irmão Golf, o novo Volkswagen Golf Variant será importado do México. Pelo menos por aqui, a perua vai estar disponível em apenas uma versão de acabamento, a Highline, com preço acima de R$ 100 mil, sem opcionais – para efeito de comparação, o hatch médio na mesma variante é oferecido por R$ 89.900 com câmbio DSG, ou seja, cerca de R$ 20 mil a menos.

O motor do modelo familiar será o 1.4 litro TSI a gasolina, capaz de entregar 140 cavalos de potência, a 4.500 rpm, e 25,5 kgfm de torque, a 1.500 rpm, que neste caso estará associado apenas a transmissão automatizada de sete velocidades e dupla embreagem.

Nos itens de série, haverá sete airbags, freios ABS com EBD, controle de estabilidade e de tração, sensores de chuva e crepuscular, ar-condicionado digital de duas zonas, controle de cruzeiro, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, sistema start/stop, direção eletromecânica, bancos revestidos em tecido e couro Alcântara, volante multifuncional em couro, central multimídia com tela de 5,8 polegadas, entre outros.

O destaque do Golf Variant fica por conta do porta-malas capaz de comportar 605 litros de bagagens até a altura do banco ou 1.620 l com os bancos traseiros rebatidos e até o teto. 

Raras peruas

Exceto pela Europa, onde as peruas ganharam um caráter mais esportivo, nos principais mercados mundiais a perua perdeu espaço para novas propostas de carros familiares como os monovolumes e, mais recentemente, os SUVs. No Brasil, restam poucos modelos à venda como a Weekend, da Fiat, V60, da Volvo, A4 Avant, da Audi, e a SpaceFox, da própria Volks. Nenhuma delas, emplaca um número significativo de unidades.