Volvo passa a trabalhar com isenção para pessoas com deficiência

Iniciativa é inédita para uma marca de luxo sem fábrica no Brasil
Volvo XC90 2017

Volvo XC90 2017 | Imagem: Divulgação

Uma boa notícia para o público de pessoas com deficiência (PCD) que se beneficiam da compra de veículos com isenção de impostos: a Volvo passa a comercializar no Brasil seus modelos no regime especial de venda direta para esse público, que vêm crescendo cada vez mais e chamando a atenção das empresas. A Mercedes-Benz, por exemplo, anunciou em junho deste ano um programa de vendas diretas para PCD válido para o Classe C nacional. 

A oferta dos carros da marca com isenção de impostos começa a partir desta terça-feira (1) e valerá para todos os modelos. Como ambos ultrapassam o valor de R$ 70.000, somente o IPI e o IPVA, em alguns Estados específicos, poderão ser abatidos do preço do carro. Na cidade de São Paulo (SP), vale a pena destacar que os carros de pessoas com deficiência podem ser isentos do rodízio municipal.

O desconto tributário vale a pena uma vez que atualmente os carros a gasolina da marca pagam 13% de IPI, valor que sobe para 25% no caso de veículos a diesel como o XC60 recentemente testado por nós.

Em especial para o público PCD, os carros da Volvo contam com recursos interessantes como o Volvo On Call, um serviço de telemática que oferece vários recursos de segurança e assistência 24h.

Procurada pelo AUTOO, a Volvo não deixou claro qual foi a estratégia utilizada para conseguir comercializar seus carros com isenção para pessoas com deficiência. Segundo a legislação atual, apenas veículos produzidos no Brasil ou Mercosul poderiam, até então, se enquadrar nesse regime.  

Saiba mais: confira nosso guia para a compra de carros com isenção de impostos

Assine a newsletter semanal do AUTOO!