Após valorização recorde, preço dos carros usados começa a cair

Pesquisa aponta reversão na escalada de preços dos usados com retomada na oferta de modelos 0 km
Usados: alta anormal nos preços por conta da pandemia

Usados: alta anormal nos preços por conta da pandemia | Imagem: Agência Brasil

A Mobiauto, marketplace do segmento automotivo brasileiro, divulgou nesta semana um interessante levantamento usando como referência a base de dados da empresa. 

Após uma disparada nos preços de veículos seminovos e usados por conta dos reflexos da pandemia e o desabastecimento de unidades 0 km, o mercado caminha para retomar uma certa normalidade e grande parte dos automóveis de segunda mão começa a perder valor de mercado. 

Nos últimos meses a indústria automotiva está conseguindo oferecer mais unidades a pronta-entrega, inclusive reforçando os estoques nas fábricas e concessionárias. Com isso, já é possível constatar uma reversão na escalada dos preços de carros com até 4 anos de uso, destaca a Mobiauto. 

A empresa tomou como base os 10 modelos mais anunciados em sua plataforma e comparou quanto esses carros custavam em fevereiro de 2022 e em relação ao mês passado. 

Pesquisa

Na média, dos quatro anos-modelos pesquisados (2019, 2020, 2021 e 2022), foi registrada uma depreciação de 5,39% em um ano. “Essa variação negativa de pouco mais de 5% indica uma acomodação nos preços que, quando vista em um período mais dilatado, indica que todos eles, sem exceção, continuam sendo classificados como ‘bons negócios’”, analisa a Mobiauto. 

O modelo que apresentou a maior desvalorização na pesquisa foi o Ford Ka 2020, que era anunciado, em média, por R$ 59.057 em fevereiro de 2022 e já era negociado por R$ 57.532 em fevereiro deste ano, uma redução de 2,58%. 

Qualquer percentual abaixo de 3% é visto como uma espécie de empate técnico. Ou seja: o cidadão que adquiriu um desses carros um ano atrás vai revendê-lo hoje por praticamente o mesmo valor que pagou”, acrescenta Sant Clair Castro Jr., consultor automotivo e CEO da Mobiauto. 

Apesar da constatação geral da pesquisa, alguns modelos ainda preservam um forte ganho no valor de comercialização. 

A Fiat Strada Working 2020, por exemplo, valorizou 3,86% de fevereiro de 2022 até o mês passado. 

Por outro lado, versões mais caras de alguns produtos consagrados no mercado, como o Jeep Compass na versão Série S diesel (2019), perdeu 15,87% de seu valor de mercado no espaço temporal analisado. 

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

Fiat Strada 2019
Fiat Strada: versão Working segue aquecida no mercado de usados
Imagem: Divulgação

Recomendados por AUTOO

Youtube
Qual entrega mais? Honda HR-V ou Citroën C3 Aircross?

Qual entrega mais? Honda HR-V ou Citroën C3 Aircross?

SUVs coadjuvantes em vendas podem ser opção para os best-sellers Creta e T-Cross
Aviação
Gol pretende ter 169 jatos Boeing 737 em 2029

Gol pretende ter 169 jatos Boeing 737 em 2029

Companhia aérea anunciou medidas para sair da crise financeira
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções