Nos últimos o Brasil ganhou uma série de carros automáticos “baratinhos”. O brasileiro, antes acostumado a ver esse tipo de câmbio apenas em modelos de luxo, agora já pode livrar o pé esquerdo de pisar na embreagem a bordo de veículos populares como Peugeot 207 e Renault Sandero, com transmissão automática, e até Gol e Palio, que contam com as chamadas caixas automatizadas, mais em conta ainda.

A diferença entre automáticos e automatizados é grande, a começar pelo preço. A primeira, por ser um sistema mais sofisticado, é mais cara. Já a segunda opção é a reprodução de um câmbio manual, mas com uma embreagem robotizada.

Quer dar adeus à embreagem sem gastar muito? Conheça as 10 opções mais acessíveis do mercado que atendem plenamente a função.

Volkswagen Gol 1.6 I-Motion – R$ 36.320

Volkswagen Gol I-Motion
Divulgação

Volkswagen Gol I-Motion

Como todo carro automatizado, o Gol dá um tranco quando muda de marcha, é inevitável – no modo manual essa sensação é menor. A caixa possui 5 velocidades e vem associada somente ao motor 1.6 8V flex de 108 cv. É um carro bom de dirigir, mérito da rígida plataforma do hatch, a mesma do sofisticado Polo. Mas poderia ter mais itens. Na série de entrada não traz nem direção hidráulica e o volante com borboletas para trocas de marcha é vendido à parte.

Fiat Palio Essence Dualogic – R$ 39.230

Fiat Palio 1.6 Essence Dualogic
Divulgação

Fiat Palio 1.6 Essence Dualogic

A resposta da Fiat para o Gol I-Motion é o Palio Dualogic. O modelo foi lançado em 2010 com motor 1.8 8V, mas em menos de um ano já era equipado com o novo bloco 1.6 16V E.torQ de 117 cv. Azar de quem levou os 1.8. Diferente do VW, o modelo de Betim (MG) já vem com direção hidráulica, mas sua dirigibilidade não é tão apurada quanto a do Gol. Ainda assim é mais confortável do que um carro com câmbio manual.

Volkswagen Fox I-Motion – R$ 39.770

Volkswagen Fox I-Motion
Divulgação

Volkswagen Fox I-Motion

Por ser mais “premium” que o Gol, o Fox I-Motion já traz alguns mimos de série, como direção assistida e rodas de liga leve. Porém, o volante “bacana” com borboletas e botões para controle do rádio e celular é opcional. A tocada do modelo é igual a do Gol, até porque ambos compartilham uma série de componentes, como o conjunto mecânico e plataforma, o que influencia diretamente nas características de condução.

Renault Sandero Automatic – R$ 43.900

Renault Sandero Automatic
Divulgação

Renault Sandero Automatic

A Renault aproveitou o câmbio automático do Mégane, que saiu de linha, e o instalou no Sandero. Fez bem. O preço é competitivo e a transmissão casou bem com o motor 1.6 flex de 112 cv, como já fazia no sedã. As mudanças de marchas (4 ao todo) são suaves e o comando sequencial ajuda em reduções. O carro, no entanto, peca com a falta de isolamento acústico. O barulho do motor, mais alto por causa do câmbio, é muito alto na cabine.

Citroën C3 Exclusive BVA – R$ 47.490

Citroën C3 BVA Exclusive
Divulgação

Citroën C3 BVA Exclusive

O C3 é o primeiro carro 100% automático desta turma. O compacto tem a veterana caixa de 4 marchas do Grupo PSA, que equipa diversos carros da Citroën e também da Peugeot. É mais caro que os automatizados, claro, mas também vem melhor equipado: já traz ABS, airbags, ar-condicionado e direção elétrica. Nessa versão, o compacto é oferecido apenas com motor 1.6 flex de 113 cv, que associado a esse câmbio tende a consumir mais combustível por acabar trabalhando em giros mais altos em relação ao C3 manual.

Fiat Punto 1.6 Essence Dualogic – R$ 47.630

Fiat Punto 1.6 Essence Dualogic
Divulgação

Fiat Punto 1.6 Essence Dualogic

O Punto com câmbio automatizado é uma das opções para quem quer facilidade ao dirigir com uma certa dose de estilo. Essa versão do hatch usa o mesmo conjunto mecânico do Palio com câmbio robotizado e tem um rendimento muito semelhante ao do compacto, que é bom. Como atrativo, a Fiat já vende o carro com ar-condicionado e trio elétrico, mas cobra mais por freios ABS e airbag duplo frontal.

Fiat Idea 1.6 Essence Dualogic – R$ 48.960

Fiat Idea 1.6 Essence Dualogic
Divulgação

Fiat Idea 1.6 Essence Dualogic

O Idea Dualogic vem com o mesmo pacote de itens do Punto Essence, assim como a motorização. Porém, o rendimento é inferior. O monovolume é mais pesado, por isso tente a ser mais lento e a consumir mais combustível. Apesar disso, o casamento entre o motor e o câmbio é mais harmonioso neste carro do que nos demais automatizados da Fiat. Os trancos entre as trocas são mais suaves. É também um veículo mais versátil, pois traz bom espaço interior e o porta-malas de 380 litros. A faceta familiar do Idea ainda é acentuada pelos diversos porta-objetos na cabine e as mesinhas tipo avião na traseira.

Peugeot 207 XS AT – R$ 48.590

Peugeot 207 AT XS
Divulgação

Peugeot 207 AT XS

Mais um carro com câmbio totalmente automático. O Peugeot 207 XS AT traz o mesmo motor e câmbio do Citroën C3 BVA, que poderia ser melhor. Seu preço, entretanto, é maior: começa em R$ 48.590. Em contrapartida, o 207 automático vem bem equipado de fábrica. Conta com ABS, ar-condicionado digital, sensor de chuva e acendimento automáticos de faróis e até sistema de som com comando satélite na coluna de direção.

Kia Picanto AT – R$ 40.000 (estimado)

Kia Picanto 2012
Divulgação

Kia Picanto 2012

Carros importados com câmbio automático também tem preços atrativos. A Kia Motors já tem na manga a nova geração do Picanto, que estreia no Brasil em agosto de 2011. O preço do compacto com a transmissão AT ainda não foi definido, mas pouco deverá mudar em relação ao da linha atual, que custa R$ 38.900. O destaque do compacto coreano é novo câmbio automático de 5 marchas e o motor, também estreante, 1.0 litro com apenas três cilindros.

Nissan March TA – R$ 40.000 (estimado)

Nissan March AT
Divulgação

Nissan March AT

Com chegada prevista para outubro, o March também terá versão com câmbio automático de 4 marchas. Feito no México, o carro nessa opção tem apenas motor 1.6 com pouco mais de 100 cv. Deve vir ainda bem equipado com ABS e airbags, além de itens de conforto e entretenimento. O destaque deste Nissan é seu tamanho: tem apenas 3,79 metros de comprimento.

Thiago Vinholes

|