Audi admite produzir novo A3 no Brasil em 2014

Produção estaria vinculada à chegada da 7ª geração do Golf na unidade de São José dos Pinhais, no Paraná

Novo Audi A3 Sportback | Imagem: Divulgação

A Volkswagen e a Audi estão prestes a reeditar uma “parceria” de sucesso do final da década de 90. As duas marcas dividiram na época a então nova fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, ao produzir na mesma linha de montagem os hatches Golf e A3.

Pois é essa estratégia que está em pauta no grupo VW novamente. A Audi reconheceu a alguns jornalistas brasileiros presentes na conferência mundial da empresa que o modelo que deverá ser feito no Brasil é o novo A3 Sportback, mas também a sua versão sedã, ainda inédita.

A escolha do A3 teria ver a com a possibilidade de compartilhar muitos componentes com um veículo da Volkswagen, segundo declarou ao jornal O Estado de São Paulo o vice-presidente mundial de compras, Bernd Martens.

Ocorre que o automóvel que mais compartilha partes com o A3 é o novo Golf, da 7ª geração, que já é cotado para venda no Brasil há algum tempo. No entanto, ainda há dúvidas sobre a origem do modelo – se virá do México, onde começará a ser fabricado em breve, ou se o Brasil terá mesmo uma linha de montagem própria. Se a informação de Martens for confirmada, as chances do Golf VII nacional crescem.

Vendas limitadas

Após o anúncio da fábrica brasileira da BMW, as outras marcas de luxo ficaram pressionadas a seguir a rival. A razão é que marca bávara obteve uma cota de importação sem pagar os 30 pontos percentuais extras muito maior que as que optaram por apenas importar seus carros.

A BMW, poderá vender cerca de 13 mil unidades sem esse imposto extra enquanto a Audi, por exemplo, está limitada a apenas 3,9 mil carros, que representa 20% menos do volume que foi comercializado em 2012. Com a retomada da produção no Paraná esse número crescerá significativamente.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags