Audi define local para fábrica no México

Obras da nova planta em San José Chiapa serão concluídas em 2016; linha será responsável pela produção do sucessor do Q5 atual

O novo Q5 será fabricado no México | Imagem: Audi

Após avaliar, comparar e analisar uma dúzia de locais, a direção da Audi anunciou nesta terça-feira (4) a cidade no México que vai abrigar sua primeira fábrica no continente: San José Chiapa, no estado de Puebla, na região central do país. Segundo a fabricante, as obras da nova linha de montagem serão iniciadas na metade de 2013 e o prazo de conclusão é para 2016.

Como a montadora já adiantou, a fábrica mexicana será responsável pela produção do sucessor do utilitário esportivo Q5 atual. Já o ritmo de produção, conforme dados da empresa, será de 150 mil unidades por ano.

Veja mais: Com impasse no Brasil, BMW pensa em fábrica no México

Em comunicado, a Audi afirma ter escolhido San José Chiapa por conta de sua localização central no México, além de ser um região privilegiada com mão-de-obra especializada na produção de artigos de alta tecnologia. “A nova fábrica no México será a mais moderna da Audi em termos de métodos de produção e eficiência na utilização recursos”, afirma Frank Dreves, membro do conselho de produção da montadora alemã.

E o Brasil com isso?

Atualmente todos os carros da Audi oferecidos no mercado nacional vêm de fábricas europeias, portanto pagam uma pesada carga tributária de exportação, que alcança 35% do valor de cada veículo. Entretanto, Brasil e México mantém um acordo comercial específico para o comércio de automóveis, que são negociados entre os países isentos das taxas de importação e com alívio na alíquota do IPI, que varia de 30% a 36,5% dependendo da categoria.

Desta forma, é possível que o novo veículo da Audi produzido no México desembarque no mercado brasileiro com preços competitivos na comparação com outros concorrentes importados.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!