Audi reativa produção no Paraná com investimento de R$ 100 milhões

Alemã vai produzir o Q3 e o Q3 Sportback no país, ambos com tração integral quattro
Audi Q3 Sportback

Audi Q3 Sportback | Imagem: Divulgação

Boa notícia para a economia do país e também para o segmento automotivo brasileiro. 

A Audi anunciou nesta quarta-feira (29) a reativação de sua linha de montagem em São José dos Pinhais, no Paraná. 

A fabricante optou por produzir localmente a geração mais recente do Audi Q3. O modelo será acompanhado pela opção Q3 Sportback, que se diferencia pela silhueta cupê mais dinâmica e arrojada. 

Os dois modelos contarão com motor 2.0 turbo (EA888) a gasolina de 231 cv, câmbio automático de 8 marchas e, pela primeira em um modelo produzido aqui pela Audi, o aclamado sistema quattro de tração integral. 

Para viabilizar a reinauguração de sua unidade fabril, a Audi do Brasil anunciou um investimento de R$ 100 milhões utilizados na modernização da linha de montagem, que ganhou novos maquinários, ferramentais, equipamentos de controle de qualidade e sistemas de tecnologia da informação e infraestrutura logística.

Audi Q3 2022
Audi Q3 2022
Imagem: Divulgação

Esse montante soma-se aos R$ 446 milhões já investidos pela marca desde a criação do Inovar-Auto, em 2012. 

Inicialmente, a fábrica terá capacidade produtiva máxima de 4 mil veículos por ano, em dois turnos. 

Os veículos montados no Paraná serão destinados, inicialmente, apenas ao mercado interno.

Segundo a Audi detalha, os componentes para a montagem local dos dois modelos chegarão ao Porto de Paranaguá divididos em conjuntos de peças e partes importados da fábrica de Györ, na Hungria. 

Audi Q3 Sportback
Audi Q3 Sportback
Imagem: Divulgação

A empresa salienta que o regime Semi Knocked Down (SKD), como é aplicado na operação da Audi no Paraná, mostra-se uma alternativa de produção global “extremamente eficiente e tecnológica para modelos de baixo volume”. 

A produção do Audi Q3 e do Audi Q3 Sportback com motor 2.0 turbo será realizada em uma linha de montagem exclusiva, a mesma que produziu a geração anterior do SUV até 2019. 

A história de produção local da Audi no Brasil teve início em 1999, com a inauguração da unidade de São José dos Pinhais, onde foram produzidos os Audi A3 de primeira geração até 2006. 

Em 2012, com o advento do Inovar-Auto (Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores), a Audi do Brasil decidiu produzir no país novamente. 

Audi Q3 Sportback
Audi Q3 Sportback
Imagem: Divulgação

Para concretizar a decisão, a empresa investiu cerca de 150 milhões de euros à época na unidade paranaense. 

A produção teve início em 2015 com o A3 Sedan e, em 2016, o SUV Q3 também ganhou a linha de montagem. 

A fabricação do utilitário esportivo seguiu até 2019, com o fim do ciclo de vida da geração anterior, enquanto o A3 Sedan foi fabricado até 2020, também com o fim do ciclo de vida do modelo.  

Audi Q3 2021
Audi Q3 2021
Imagem: Divulgação