Falar do BMW Série 3 requer muito cuidado e atenção, uma vez que esse sedan é o porta-voz da marca em todos os mercados onde ela atua, figurando quase sempre como o seu modelo mais vendido. Mexer no Série 3, então, nem se fala e certamente é uma tarefa executada com muito cuidado por todos os engenheiros e designers da fabricante.

Para a sétima geração do Série 3 não foi diferente e, em nosso primeiro contato com ela em um autódromo no interior de São Paulo, foi possível constatar o quanto um automóvel de passeio mais rente ao chão pode cativar bem mais do que um SUV.

De uma maneira geral, o Série 3 2019 mantém o estilo que o consagrou ao longo de quatro décadas, mas não se engane: todo o projeto contempla uma arquitetura completamente nova, o que fez o sedan crescer bem em comprimento, largura e entre-eixos. Ao mesmo tempo em que oferece uma cabine ampla e espaçosa para 4 adultos (um terceiro adulto no banco traseiro não consegue se instalar com muito conforto devido ao túnel central bem elevado), o novo Série 3 não deixou de lado o cuidado com o comportamento dinâmico e a esportividade nas reações. Para quem alega que um entre-eixos de 2,85 m é demais para um carro que ambiciona esportividade, a BMW explica que trabalhou bem as proporções das bitolas dianteira (+43 mm) e traseira (+21 mm) para compensar esse fato.

Indo ao que interessa para muita gente, ao volante o novo BMW Série 3 2019 mostra-se irretocável. Faltou um contato mais cotidiano, por assim dizer, com o modelo, em especial no uso urbano e rodoviário, mas na pista o Série 3 mostrou uma invejável disposição para contornar curvas das mais lentas às mais rápidas. A distribuição de peso ideal entre os eixos torna o Série 3 um carro muito equilibrado nas reações, tornando a condução (ou pilotagem, como preferir) mais refinada e precisa. Tudo isso é amparado pela tração traseira, que projeta o carro para o centro da curva, mas exige cautela se você quiser reduzir ao máximo a atuação dos controles de tração e estabilidade, afinal temos no 330i um poderoso 2.0 turbo de 258 cv capaz de despejar 40,7 kgfm de torque nas rodas.

Segundo dados da BMW, o 330i M Sport é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em ótimos 5,8 segundos,enquanto a velocidade máxima é limitada em 250 km/h. Em termos de desempenho, o 330i M Sport já entrega até mais do que é necessário para você rodar na cidade ou encarar viagens com trechos de serra e aclives com a mais absoluta tranquilidade. O conforto (bem como a performance) também está garantido com a transmissão automática de 8 marchas, que atua de uma forma muito harmoniosa com o 2.0 turbo.

 

Traçando um paralelo, o novo BMW 330i 2019 é o sucessor direto do 328i da sexta geração, portanto, para quem não faz questão de tanto desempenho assim ou procura uma versão menos extrema, a BMW ainda tem nos planos a sucessora direta da 320i, que será apresentada posteriormente. Como é natural em um lançamento de um modelo tão relevante para a marca como o caso do novo Série 3, é mais do que esperado que a fabricante opte por colocar no mercado inicialmente as versões topo de linha.

Hoje em dia o novo Série 3 já pode ser adquirido no Brasil nas configurações 330i, com preço sugerido de R$ 219.950, e a 330i M Sport de R$ 269.950, como avaliamos aqui. É uma elevação de preço na casa de R$ 30.000 em relação ao que a BMW praticava na 328i topo de linha, mas o nível de equipamentos da nova geração é consideravelmente superior.

Analisando a lista de itens de série do 330i M Sport você vai encontrar recursos como os faróis BMW Laserlight, assistente de estacionamento, head-up display, suspensão e freios esportivos M Sport, rodas de liga leve aro 19”, tampa do porta-malas com acionamento elétrico, teto solar, airbags frontais, laterais e de cortina, controles de tração e estabilidade, entre outros. Pontos positivos da nova geração é que o recém-lançado Série 3 torna-se o primeiro modelo a estrear o sistema de controle por voz para diversas operações do veículo, chamado pela marca de BMW Intelligent Personal Assistant (IPA). É um recurso semelhante ao que a Mercedes-Benz oferece em sua central multimídia MBUX e permite ouvir explicações sobre o funcionamento de equipamentos, além de ajustar diferentes configurações de acordo com as preferências de quem o opera, como, por exemplo, ligar o ar-condicionado a uma determinada temperatura.

Ainda na parte interna, como era esperado o sedan conta com BMW Live Cockpit Professional que engloba duas telas digitais, sendo um display de 12,3” e cumpre o papel do painel de instrumentos, e outro, de 10,25”, que engloba o sistema iDrive, a central multimídia do carro que ainda oferece suporte ao Apple CarPlay sem o uso de cabo e conectividade com smartphones Android por meio do sistema operacional da marca. Também encontramos no 330i M Sport carregamento por indução para smartphones.

Um recurso bem peculiar introduzido pelo novo BMW Série 3 é o assistente de marcha à ré. O sistema registra os últimos 50 metros percorridos pelo carro e pode, automaticamente, retroceder essa distância assumindo o controle do volante. Segundo a BMW, o recurso é para ser usado em vias estreitas ou de difícil acesso, facilitando o trabalho para o motorista caso seja necessário sair do local.

O novo BMW Série 3 é 76 milímetros mais longo que seu antecessor (4,709 metros), 16 mm mais largo (1,827 m) e 6 mm mais alto (1,435 m), dimensões que quase posicionam o sedan em uma categoria superior e nos mostram que, pelo menos nesse aspecto, parece que não resta muita margem para a BMW anabolizar seu sedan. De qualquer forma, daqui para frente o diferencial de modelos como o Série 3 deverá residir muito mais na eletrônica e no conteúdo em termos de equipamentos do que no porte em si.

Na sétima geração, foi interessante que a BMW ousou em algumas características de design muito relevantes, como o Hofmeister Kink, tradicional assinatura do design BMW localizada na coluna C, que passa a exibir um recorte mais vigoroso e expressivo, explica a fabricante. Na dianteira, o destaque fica por conta da grade de duplo rim mais larga e dotada de uma moldura única. No caso do 330i M Sport, o para-choque dianteiro traz amplas entradas de ar nas extremidades, enquanto, na parte traseira, chamam a atenção as lanternas com borda saliente e aplicação fumê na parte superior.

Em termos de acabamento, o Série 3 2019 é condizente com tudo o que esperamos encontrar em um carro do segmento premium custando mais de R$ 200.000. A escolha de materiais é ricamente selecionada e contrasta couros de diferentes tonalidades com plásticos de cores semelhantes. No caso do 330i M Sport é possível optar por revestimento interno de couro indo do preto ao bege, passando pelos tons “mocha” e “cognac”.

O novo Série 3 conta com 2 anos de garantia e suas revisões são solicitadas de acordo com as demandas do veículo, que pode até mesmo se comunicar com a concessionária de preferência do proprietário do carro para informar os serviços que precisam ser feitos.

Uma das novidades mais aguardadas por parte da BMW nos últimos meses, o novo Série 3 2019 chega com um pacote excelente para continuar se destacando na categoria dos sedans médio-grandes premium. A partir deste mês ele chega ao mercado importado da Alemanha, mas a montagem do modelo em Araquari (SC) está confirmada para começar no meio do ano. Vale a pena a escolha? Se é um sedan que você procura, certamente é uma das melhores compras que você pode fazer no momento.

 
 
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
BMW Série 3 2019
BMW Série 3 2019
 
 

Ficha técnica

BMW Série 3 2019 330i M Sport 2.0 16V gasolina automático 4p
Preço R$ 269.950 (03/2019)
Categoria Sedã grande
Vendas em 2017 3.398 unidades
Motor 4 cilindros, 1998 cm³
Potência 258 cv a 5000 rpm (gasolina)
Torque 40,7 kgfm a 1550 rpm
Dimensões Comprimento 4,709 m, largura 1,827 m, altura 1,435 m, entreeixos 2,851 m
Peso em ordem de marcha 1470 kg
Tanque de combustível 59 litros
Porta-malas 365 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/