BMW lança nova geração do Série 1, que deve chegar ao Brasil em 2025

Na Europa, modelo da quarta geração começa a ser vendido a partir de outubro
BMW Série 1

BMW Série 1 | Imagem: Divulgação

A BMW mostra fotos e detalhes da quarta geração do Série 1, o menor modelo da marca alemã, que começa a ser vendido no mercado europeu em outubro. No Brasil, estima-se que o carro vai desembarcar apenas em 2025. De qualquer forma, estamos falando e um modelo completamente novo, com uma longa lista longa lista de mudanças por dentro e por fora.

VEJA TAMBÉM:

Já começa pelo desenho, com a parte dianteira que tem faróis mais nítidos e uma grade mais fina e larga que a do modelo anterior, enquanto as luzes traseiras permanecem horizontais, mas ficam dobradas ao invadirem parte dos para-lamas. 

Com 4,35 metros de comprimento, 1,80 m de largura e 1,47 m de altura, o novo  BMW Série 1 é ligeiramente mais longo e alto que o anterior. Além disso, existem várias opções de cores e personalização, o que inclui pintura preta brilhante na capota e pacote M Sport Design. Bom também é que a rigidez torcional aumentou, de acordo com a fabricante, o que melhora a estabilidade, principalmente em curvas

Interior perdeu vários botões físicos

BMW Série 1
BMW Série 1 ganhou tela panorâmica e perdeu vários botões, que ficaram na central multimídia
Imagem: Divulgação

Por dentro, o novo Série 1 está repleto de recursos tecnológicos que surgiram dos modelos maiores e mais caros da BMW. Um deles é a tela panorâmica do painel,  que se divide em duas, uma de  10,25 polegadas do cluster  outra,  sensível ao toque, do sistema  multimídia, de 10,7 polegadas. Com isso, diversos funções, deixaram de ser acionadas por botões físicos, inclusive o ar-condicionado.

O novo BMW Série 1 chegará nas versões 120, M135 xDrive, 118d e 120d, respectivamente. É 120, não 120i, porque a BMW está abandonando o "i" (que foi lançado para denotar injeção de combustível). O 120 recebe um motor de três cilindros, de 170 cv, potência, suficiente  ir de 0 a 100 km/h em 7,8 segundos. 

No caso  do M135, o motor tem quatro  cilindros, turbo, de 300 cv, para acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,9 segundos. Vale lembrar que todas as versões são híbridas leves, com sistema de 48 volts. E que exceto, esta versão topo de linha, que vem com tração integral, as demais têm apenas as rodas dianteiras motrizes e sempre com câmbio automático, o que significa que é o fim das versões manuais. 

BMW Série 1
BMW Série 1: traseira continua parecida com a da geração anterior
Imagem: Divulgação

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 

Carlos Guimarães

Jornalista há mais de 20 anos, já acelerou várias novidades, mas não dispensa seu clássico no final de semana

Recomendados por AUTOO

Youtube
Fiat Strada: qual o segredo de sucesso da picape?

Fiat Strada: qual o segredo de sucesso da picape?

5 pontos que explicam por que o veículo vende tanto até hoje
Aviação
Embraer revela seu primeiro táxi-voador!

Embraer revela seu primeiro táxi-voador!

Veículo elétrico ainda não leva pessoas e será testado em voo ainda em 2024
MOTOO
Royal Enfield Guerrilla 450: todos os detalhes e 50 fotos

Royal Enfield Guerrilla 450: todos os detalhes e 50 fotos

Conheça preço, ficha técnica, desempenho, motor cores e versões da moto confirmada para o Brasil