Bosch e VW criam parceria para desenvolver híbridos flex no Brasil

Empresas assinaram memorando de entendimento para trabalhar também em sistemas de segurança específicos para mercados emergentes
Volkswagen Taos 2022

Volkswagen Taos 2022 | Imagem: Divulgação

Em um movimento interessante para fomentar não só a economia local, bem como o desenvolvimento da engenharia instalada na região, a Volkswagen do Brasil e a Bosch protocolaram nesta quinta-feira (9) um memorando de entendimento para “desenvolver projetos relacionados a sistemas de motorização e assistência ao condutor”. 

De acordo com as duas empresas, os projetos contemplados no acordo buscam "combinar soluções elétricas híbridas com sistemas de combustão interna movidos a biocombustíveis”, além de aprimorar a eficiência dos propulsores térmicos. 

Logo, podemos esperar que a Volkswagen passe a oferecer em um horizonte de curto prazo algum modelo híbrido flex. Atualmente, apenas a Toyota produz no Brasil o Corolla e o Corolla Cross com um sistema de propulsão que aceita etanol, gasolina ou a mistura de ambos em qualquer proporção. 

Interessante também é a proposta das duas empresas para investir em sistemas de assistência ao condutor com uma otimização de sensores e um trabalho específico para otimizar as respostas dessas tecnologias de acordo com as particularidades do trânsito e das vias sul-americanas. 

Volkswagen Taos 2022
Segundo rumores, o Taos deverá ser o primeiro híbrido flex da VW no Brasil; acima o motor 1.4 TSI presente no SUV
Imagem: Divulgação