Brasil fecha 2011 como quarto maior mercado de carros do mundo

Pelo segundo ano consecutivo, país ficou à frente da Alemanha, diz consultoria. China bate recorde e vende mais de 14 milhões de veículos

Brasil é pela segunda vez consecutiva o quarto maior mercado de automóveis do mundo | Imagem: Reprodução

O Brasil conseguiu manter o quarto lugar no ranking de maiores mercados de automóveis do mundo em 2011. De acordo com a filial brasileira da consultoria Jato Dynamics, além de segurar o posto, o país apresentou um crescimento de 2,9% nas vendas de carros novos em relação a 2010.

A China encabeça a lista e (de novo) é a primeira colocada, comercializando mais de 14 milhões de veículos e obtendo alta de 7%. Logo em seguida, aparecem os Estados Unidos. O país reagiu e conseguiu aumentar o volume de vendas em 10,3%.

Em terceiro encontra-se o Japão que, por causa do tsunami que atingiu o país no início do ano passado, amargou queda de 15,2%. A Alemanha até esboçou uma recuperação nos primeiros meses do ano, voltando a ocupar o posto atrás do país asiático, mas acabou ficando com a quinta posição. Vale destacar que, embora tenha perdido o quarto lugar para o Brasil, as vendas de automóveis 0 km no país germânico teve alta de 9,4% em 2011.

Leia também: Veja quais montadoras realmente cresceram em 2011

Fechando a lista está Índia (6º), Rússia (7º), França (8º), Grã Bretanha (9º) e Itália (10º), os três últimos apresentando queda de 1,3%, 2,3% e 10,5% respectivamente.

“Deve-se considerar o surpreendente crescimento no mercado de automóveis chinês, onde os OEMs globais – produtos de uma marca vendido com o logo de outra sob licença – e suas joint ventures chinesas estão vendendo praticamente tudo que eles possam fabricar", afirma João Carlos Rodrigues, diretor presidente da Jato Dynamics do Brasil.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!