BYD Song Plus 2025 chega com autonomia de 1.200 km e Corolla Cross na mira

SUV híbrido começa a ser vendido no Brasil com novas baterias e mais equipamentos de série
BYD Song Plus 2025 mantém o mesmo visual da versão anterior, mas com mudanças na lista de equipamentos

BYD Song Plus 2025 mantém o mesmo visual da versão anterior, mas com mudanças na lista de equipamentos | Imagem: Divulgação

A BYD lança a linha 2025 do SUV híbrido Song Plus DM-i no Brasil com uma série de novidades. Com o Toyota Corolla Cross e Caoa Chery Tiggo 8 como principais rivais, o modelo da marca chinesa tem na manga novos atrativos como as baterias que garantem mais autonomia.

VEJA TAMBÉM:

De acordo com a fabricante, no modo elétrico agora é possível rodar 105 km, ante 50 km anteriormente. E o alcance total, contando com o funcionamemto do motor a combustão, passa a ser de 1.200, ainda conforme dados da BYD.

Mesmo sem alterações no desenho, a linha 2025 do Song Plus passa a ser mais interessante por causa da inclusão de novos equipamentos. O SUV acaba cde receber tela multimídia central giratória de 15,6 polegadas, abertura do carro via cartão NFC e utilização da ferramenta NFC também via celular, além do retrovisor traseiro, que passou a ser fotocrômico.

Prazo de garantia do SUV híbrido aumentou

BYD Song Plus
BYD Song Plus da linha 2025 agora tem tela goratória de 15,6 polegadas entre os itens de série
Imagem: Divulgação

Outra novidade no SUV híbrido da BYD é que a bateria com garantia de 8 anos passa a ficar sem limite de quilometragem. Além disso, a garantia do veículo foi aumentada para 6 anos. O novo BYD Song Plus DM-i chega ao Brasil com o mesmo valor do modelo anterior, de R$ 239.800,00, nas cores Time Grey (cinza), Snow White (branco), Delan Black (preto) e Dome Blue (azul).

Mas vale lembrar que o Song Plus será um dos modelos que a BYD vai fabricar em Camaçari (BA) e que logo deverá a ser híbrido flex, quando estiver nacionalizado. Por enquanto, o modelo vem importado e apenas com motor 1.5 a gasolina que funciona em conjunto  com outro elétrico, com potência combinada de 235 cv e 40,7 kgfm de torque, números que deverão melhorar quando o carro também aceitar etanol no tanque.

No caso da versão apenas a gasolina, trazida da China, segundo dados do Inmetro o SUV médio pode fazer 38,4 km/l na cidade e 28,1 km/l na estrada. E de acordo com dados da fabricante a aceleração de 0 a 100 km/h pode ser feita em 8,5 segundos, com máxima de 170 km/h

Mas apenas a partir do ano que vem é que os carros começão as ser fabricados na Bahia dentro de um plano de nacionalização com duração de cinco anos, ou seja, até 2030, com índice de 70%, incluindo as baterias de lítio. Além dos galpões para produção, a BYD terá  pista de testes e outras estruturas que vão ocupar uma área de cerca de 1 milhão de m². 

BYD Song Plus
BYD Song Plus mantém o visual da linha anterior, mas que ainda permanece moderno 
Imagem: Divulgação

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 

 

 


 

 

 

Carlos Guimarães

Jornalista há mais de 20 anos, já acelerou várias novidades, mas não dispensa seu clássico no final de semana

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções